Times alemães voltam a campo para segundo turno da Bundesliga | Siga a cobertura dos principais eventos esportivos mundiais | DW | 14.01.2010
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Times alemães voltam a campo para segundo turno da Bundesliga

Mudanças de jogadores e técnicos: equipes alemãs prontas para voltar a campo neste segundo turno do campeonato.

default

Bayer Leverkusen é o primeiro na tabela

A Bundesliga está de volta com força total, ainda que o clima na Alemanha seja de inverno rigoroso. Pela primeira vez em vários anos, diversos clubes, entre eles o Bayer Leverkusen, desistiram de treinar em países mais quentes. O jogo de abertura do returno do Campeonato Alemão será nesta sexta-feira (15/01) entre Bayern de Munique e Hoffenheim.

O Bayer Leverkusen, atual líder do Campeonato Alemão, terá o primeiro jogo contra o Mainz. Uma derrocada no returno, como nas duas temporadas anteriores, deve ser evitada. O treinador Jupp Heynckes está confiante: "Pela experiência adquirida em 40 anos de futebol profissional, acredito que seremos constantes nesse turno", declara. O Leverkusen se conteve na fase de contratações. Quatro jogadores voltam recuperados de lesão, entre eles Patrick Helmes.

Schalke compra e Munique empresta

Já o Schalke foi às compras: o vice do primeiro turno fez cinco novas aquisições. Entre eles Alexander Baumjohann, que veio do Bayern de Munique, Peer Kluge, do Nürnberg, e o brasileiro Edu, do Suwon Samsung.

O técnico do time, Felix Magath, ex-Bayern de Munique, está otimista: "Teremos mais sucesso do que antes". Ao contrário do Schalke, o time de Munique abriu mão de alguns jogadores, como o próprio Baumjohann e o campeão mundial Luca Toni, que foi emprestado para a Roma. O Bayern também deixou escapar o brasileiro Breno e Andreas Otti, emprestados ao Nürnberg.

Fußball Trainer Armin Veh

Armin Veh, técnico do Wolfsburg

Mas o time promete se recuperar na tabela, como diz Mario Gomez: "Vamos prosseguir como terminamos, com a autoconfiança de continuidade no returno. Não serão sempre cinco gols como nas últimas três, quatro partidas. Haverá também jogos difíceis, mas acredito que vamos melhorar".

Lanterninhas foram às compras

Principalmente as equipes ameaçadas de rebaixamento aproveitaram a pausa de inverno para buscar reforços. O Stuttgart trouxe Cristian Molinaro, da Juventus. E o Nürnberg tem grandes expectativas com a chegada do técnico Dieter Hecking.

Friedhelm Funkel, treinador do lanterna Hertha Berlim, anunciou reforços experientes na briga contra o rebaixamento. "Kobiashvili jogou em Freiburg, Gekas esteve no Bochum. São condições que nos foram importantes. Além disso, buscamos o Hubnik, que pode fazer um bom trabalho como zagueiro. Ele é alto e bom cabeceador."

No entanto, algumas estrelas não estarão em campo nesse início de segundo turno: 14 jogadores estão na disputa da Copa das Nações Africanas, em Angola. O Wolfsburg, por exemplo, não conta com o argelino Karim Ziani e o nigeriano Obafemi Martins.

Apesar de estar na oitava posição na tabela do campeonato, o atual campeão alemão ainda confia na conquista de uma vaga em algum torneio internacional: "A meta tem de continuar sendo as disputas internacionais. É importante que levemos menos gols. Vamos trabalhar nisso como equipe. E então teremos a chance de chegar lá", pondera o treinador Armin Veh.

Autor: Arnulf Boettcher (np)

Revisão: Roselaine Wandscheer

Leia mais