1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Sua Opinião

TERROR EM LONDRES

Nossos usuários comentaram esta semana sobre o terror em Londres, o julgamento do criador do vírus Sasser, a corrupção na Volkswagen e outros temas relacionados ao Brasil. Confira!

default

Elementarmente, o Reino Unido foi alvo do terrorismo porque sustenta a ocupação do Iraque. A coalizão militar cometeu um erro de avaliação grotesco, quando não quis enxergar que o Islã tem uma tradição de guerra muito sedimentada com o Ocidente. O povo do Leste Europeu sabe disso melhor que ninguém. A coalizão preferiu acreditar que estava comprando uma guerra para os próximos oito anos, no máximo, mas o resultado é que comprou uma guerra para mais de 50 anos.
A Al Qaeda não está atacando apenas o país que detém a presidência rotativa da União Européia e do G-8, mas ataca também as próprias Olimpíadas, que estão no âmago da nossa ocidentalidade. Com toda a certeza, os parisienses se livraram de um problemão.

Lyndon C. Storch Jr.

Infelizmente pessoas inocentes têm que pagar pelos erros de outros. Bush e Blair invadiram o Iraque sob falsos pretextos e mais de 100 mil cidadãos iraquianos morreram. Eles sabiam o que faziam (Bush e Blair) e são, juntos com os fanáticos da Al Qaeda, os culpados. Como no velho ditado: colhe-se o que se planta.

Luiz Ribeiro

JULGAMENTO DO CRIADOR DO VÍRUS SASSER

Em primeiro lugar, devemos analisar que o fato em si serviu de alerta para todos. Em segundo lugar, devemos compreender que o mesmo fato colocou em risco a vida de pessoas em aeroportos, cidades, aviões e navios, enfim tudo que utilizava Windows relacionado à segurança. Em terceiro, apesar de todo esse prejuízo psicológico e financeiro, é bem verdade que esse rapaz é um gênio. Portanto, acho que seria justo se ele fosse condenado a evitar que outros hackers invadissem sistemas semelhantes e prestando serviço ao Windows em troca de absolvição, uma vez que acredito que o jovem não tinha intenção de causar mortes e catástrofes no mundo. É bem melhor termos um gênio do lado do bem que jogá-lo ao ostracismo e vê-lo no futuro do lado oposto.

Ricardo

Em meu entendimento, o problema não é a pena a ser imposta, mas, sim, considerar o seguinte: quem foi mais lesivo, o rapaz que criou o vírus ou a forma de negociação que levou a 90% dos computadores do mundo a rodarem sistemas operacionais de uma única empresa? Em absoluto defendo o rapaz, foi um crime; porém, não se pode esquecer todas as circunstâncias que levaram ao fato, e é preciso termos claro que somos de uma certa maneira reféns de uma empresa que, apesar de todos os esforços em garantir segurança, está falhando seriamente. Afinal, se alguém de apenas 17 anos pôde quase parar o mundo, creio que devemos repensar o que é certo e errado e em quem realmente está o erro.

Gamarra

ETANOL BRASILEIRO

Acredito que o etanol brasileiro pode conquistar uma fatia importante do mercado alemão, desde que não haja barreiras tarifárias. Vivendo na Europa, no momento, vejo que veículos a biocombustíveis são raridade e podem ser uma boa opção para os consumidores europeus. Biodiesel também tem um bom mercado potencial, e o Brasil tem boas chances de ser um grande produtor e fornecedor para a Alemanha e a União Européia.

Jansle Rocha

Sim, o etanol brasileiro tem condições de conquistar o mercado alemão. Principalmente, como aditivo à gasolina, primeiro estágio para a substituição de combustíveis fósseis, gasolina, na proporção de 25%. O Brasil tem o mais baixo custo de produção do mundo e potencial de produção em volumes, excluídas as barreiras comerciais protecionistas. Por outro lado, o compromisso alemão com o Protocolo de Kyoto prevê redução da poluição e será ajudado pela adição de álcool à gasolina. Futuramente, também o álcool puro poderá ser usado.

José Eduardo Colichio

ESCÂNDALO NA VOLKSWAGEN

"Que conseqüências este escândalo pode ter para a Volkswagen?"

Pessoal, isso acontece desde antes de Helena de Tróia: são as mulheres que mudam a História. É claro que isso não diminui a fúria dos acionistas da Volkswagen, que já devem estar exigindo auditoria em cada parafuso colocado nos carros. Este forte abalo nos laços de confiança entre as altas gerências e os acionistas vai causar uma paralisia temporária na Volkswagen. Quanto tempo isso vai durar e quais despesas vai gerar são as grandes incógnitas.

Lyndon C. Storch Jr.

Não considero que as denúncias de corrupção abalem a maior empresa automobilística do mundo. Se existem pessoas de qualquer nível hierárquico que cometeram erros envolvendo o nome da empresa, se houver provas concretas, essas pessoas devem ser afastadas.

Elias José de Freitas

ELITES BRASILEIRAS

Vivemos aquela situação de sempre privatizar os lucros e socializar os prejuÍzos por conta da falta de um projeto desta classe para o país. Não sei o que ocorrerá no ano que vem, com as eleições presidenciais, pois pela primeira vez as elites perderam o governo, não o poder, e pretendem retomá-lo. A situação de governo na mão de um grupo da não-elite, no caso com Lula, ofende muitos interesses e a própria consciência da elite brasileira, apesar de ela não ter qualquer projeto mais abrangente para nossa sociedade.

Nelson Corrêa Tenório

A elite brasileira tem responsabilidade de classe dirigente, pois é ela que influencia e participa diretamente das decisões políticas do país. Sabemos que as elites sempre participaram diretamente ou colocaram no poder seus representantes. Quando isso não acontece, usam seu poder para influenciar nas decisões ou então, com o auxílio da imprensa local, fazer com que as decisões contrárias à manutenção do establishment não avancem. Essas manobras da elite emperram uma democracia de fato no Brasil, pois minam o desenvolvimento de uma grande fatia da população que vive em situação de miséria.

Leonel Paulo do Amaral

POLÍTICA INTERNACIONAL BRASILEIRA

O Brasil segue uma tendência na política internacional, interessante para os países em desenvolvimento, pois apesar de exercer liderança sobre os demais países do bloco, busca um espaço até então ignorado pelos países desenvolvidos. Porém, essa liderança não deve transformar-se em veículo de imposição de idéias sobre os países politicamente mais fracos. O respeito a essas idéias fortalecerá o Brasil como um país democrata.

Leonel Paulo do Amaral

ENRIQUECIMENTO DE URÂNIO

O Brasil possui a sexta maior reserva de urânio do mundo, sendo que foram pesquisados apenas 25% do território nacional. Não existe, atualmente, nenhuma forma de energia desenvolvida e em funcionamento capaz de diminuir o aquecimento global. Somente a construção de mais de 500 usinas nucleares no mundo diminuiria a dependência do petróleo, carvão e gaz. Manter o consumo de carvão mineral para gerar energia equivale a matar o planeta, que tem aquecimento absurdo. A Europa é, atualmente, a área do planeta mais prejudicada com o aquecimento. Os geradores atômicos franceses garantiram em 2003 e irão garantir o fornecimento de energia à Itália, que está se transformando em um país desértico e tropical. Sem energia, nada se produz, mem mesmo a vida. Não existe vida sem energia. O conhecimento humano não pode ser privilégio de nenhum país. Todo ser humano tem direito ao conhecimento, à tecnologia e ao know-how para se desenvolver. O maior problema é a utilização do know-how nuclear para o mal. Somente com tecnologia o mundo se defenderá do mal, das ameças de destruição do ser humano e do planeta. Não posso aceitar políticas religiosas, confundir política e ciência com religião. Para barrar o aquecimento global e o desenvolvimento de todo o planeta, a produção de energia nuclear é essencial, caso contrário o mundo irá pegar fogo, por ignorância científca e política. Digo ainda mais: está ocorrendo retirada ilícita de urânio natural do território brasileiro, sendo contrabandeado. Só não sei quem está recebendo este urânio e quais o fins que irá ter.

Antonio de Oliveira Silva