1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Termina temporada em que Bayern correu atrás

Campeão, Werder despede-se com derrota. Bayern se consola com vice e vaga na Liga dos Campeões. Leverkusen derrota Stuttgart e toma-lhe o 3º lugar e acesso à mais importante competição européia.

default

Dispensado por Hoeness e Rummenigge, Hitzfeld (esq.) recebeu flores de despedida

O Campeonato Alemão 2003/2004 terminou sem grandes surpresas em sua última rodada. Campeão com duas rodadas de antecipação, o Werder Bremen deu-se ao luxo de perder (Hansa Rostock 3x1), enquanto em Munique o Bayern ganhou (2x0 Freiburg) e assegurou sua vaga na Liga dos Campeões da Europa.

Fußball Bundesliga 2004 FC Bayern München - SC Freiburg Bixente Lizarazu Willy Sagnol

Lizarazu dá adeus sob aplausos do conterrâneo Sagnol e da torcida bávara

A torcida lotou o Estádio Olímpico para despedir-se do técnico Ottmar Hitzfeld, dispensado pelo clube por conta do jejum de títulos na temporada, e do lateral esquerdo Lizarazu, autor do segundo gol.

O francês de 34 anos jogou sete temporadas pelo Bayern. Neste período, ajudou o clube bávaro a conquistar o título mundial, a Liga dos Campeões, quatro vezes o Campeonato Alemão e outras três a Copa Alemanha. Com a seleção de seu país, Lizarazu foi campeão mundial e europeu.

Apesar da vitória, o desempenho do Bayern de Munique em sua última partida foi tão sem brilho quanto nas partidas anteriores. Em fato raro, o clube encerra a temporada sem ter liderado a classificação em nenhuma rodada. O Werder Bremen, por sua vez, a manteve ao longo de todo o returno, após tê-la conquistado na 16ª partida.

Troca-troca do terceiro ao sexto

Fußball Bundesliga 2004 Bayer Leverkusen - VfB Stuttgart 2 : 0 letzter Spieltag

Leverkusen: vitória abriu chance para jogar na lucrativa Liga dos Campeões

O provável futuro técnico do Bayern não saiu-se melhor que Hitzfeld no desfecho do campeonato. O Stuttgart, de Felix Magath, foi derrotado pelo Bayer Leverkusen (2x0) e cedeu ao adversário a terceira colocação, que dá direito a tentar ainda uma vaga na Liga dos Campeões. À jovem equipe do Stuttgart não haverá alternativa à participação na Copa da Uefa, menos lucrativa.

Já o Bochum recuperou a quinta posição ao vencer o Hannover (3x1), tomando do Borussia Dortmund a derradeira vaga direta na Copa da Uefa. O Dortmund mais uma vez tropeçou e ficou num empate (1x1) com o Kaiserslautern. Com isso, os seis primeiros colocados confirmaram as posições que tinham ao fim do primeiro turno.

Rebaixados e promovidos

Se foi pouco para o Dortmund, o empate foi o suficiente para o Kaiserslautern escapar da segunda divisão, para a qual voltam Eintracht Frankfurt e Colônia, assim como o 1860 Munique que há dez anos participava da primeira.

Seus três substitutos serão Nürnberg, Arminia Bielefeld e Mainz 05. Os dois primeiros garantiram seu retorno à elite do futebol alemão por antecipação. Já o Mainz apenas na última rodada, neste domingo (23/5), ao derrotar o Eintracht Trier (3x0), sendo favorecido pela derrota do Alemannia Aachen (Karlsruhe 1x0). É a primeira vez que o Mainz 05 chega à primeira divisão.

O Alemannia Aachen não precisa porém chorar o desfecho da temporada. Como finalista da Copa Alemanha e tendo como adversário o Werder Bremen, já classificado para a Liga dos Campeões, a equipe da segundona alemã tem garantida uma vaga na Copa da Uefa.

Artilheiros

Bundesliga Bjoern Schlicke links, und Ailton, rechts Werder Bremen - Hamburger SV 6:0

Aílton: temporada de bola cheia

Além de conquistar o título de campeão alemão com o Werder Bremen, Aílton realizou o sonho de ser o artilheiro da temporada, com 28 gols, uma soma não alcançada na Bundesliga desde 1981. E há quatro anos um goleador não ganhava sozinho o troféu em formato de canhão. Neste período, Élber teve que dividir o mérito com o espanhol Christiansen no ano passado, e Amoroso, com o alemão Martin Max no anterior.

Aílton terminou com cinco gols de vantagem sobre o holandês Roy Maakay (Bayern) e oito sobre Max (Hansa Rostock). Dentre os demais artilheiros brasileiros, destacaram-se Éwerthon (Dortmund), com 16 gols, França (Bayer Leverkusen), com 14, Fernando Baiano (Wolfsburg) e Kevin Kuranyi (Stuttgart), com 11.

Leia mais