1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Ted Cruz supera Trump e sai na frente na disputa republicana

Senador texano é declarado vencedor da primária de Iowa com 27% dos votos, em resultado surpreendente que põe candidatura do polêmico magnata em questão. Entre democratas, Hillary clama vitória apertada sobre Sanders.

default

Ted Cruz comemora vitória: "O próximo presidente dos Estados Unidos não será eleito pela imprensa"

O senador Ted Cruz venceu nesta segunda-feira (02/02) o caucus de Iowa – primeira etapa das primárias do Partido Republicano – e impôs uma dura derrota ao até então favorito Donald Trump, que vê agora a força de sua controversa pré-candidatura à Casa Branca ser questionada.

Entre os democratas, a apuração está acirrada, com Hillary Clinton clamando uma vitória apertada. Ela teria 49,9% dos votos, alguns décimos a mais que o senador Bernie Sanders, que alega empate técnico. Em todo caso, ambos terão que dividir os delegados do estado na convenção nacional.

Numa disputa descrita pelo jornal The New York Times como "mais uma revolta populista contra a ordem política do que uma primária republicana", Iowa foi o primeiro teste real para os pré-candidatos.

Com amplo apoio da comunidade evangélica, Cruz, senador pelo Texas, teve 27,7% dos votos (depositados em cédulas anônimas após um debate com representantes de cada candidato), contra 24,3% de Trump.

"Deus abençoe o grande estado de Iowa", foram as primeiras palavras de Cruz, que tem origem cubana, após a vitória. "Esta noite é uma vitória para os conservadores de base, para os conservadores corajosos em Iowa e em todo este país."

O político texano, próximo ao movimento ultraconservador Tea Party, estava atrás de Trump nas pesquisas, especialmente nas dos últimos dias, por isso a vitória em Iowa é tida como um impulso para sua campanha para as próximas prévias no restante dos Estados Unidos.

"Iowa disse que o candidato republicano e próximo presidente dos Estados Unidos não será eleito pela imprensa. Não será eleito pelo establishment. Não será eleito pelos lobbies. Será eleito por nós, o povo americano", afirmou Cruz, ao aparecer ao público acompanhado da família.

Em terceiro lugar, com 23,1%, aparece o senador Marco Rubio, num desempenho surpreendente que o coloca entre os favoritos na longa corrida republicana, marcada para terminar apenas em julho.

Abaixo da marca de 10% ficaram, na seguinte ordem, o ex-neurocirurgião Ben Carson, o libertário Rand Paul e o então favorito ex-governador da Flórida Jeb Bush, que só obteve 2,8% dos votos.

Os delegados de Iowa nas convenções republicana e democrata de julho representam um percentual pequeno do total, mas iniciar as primárias com uma vitória é considerado vital. A disputa teve recorde de participação em Iowa – o Partido Republicano informou que mais de 180 mil pessoas participaram do caucus, quase 60 mil a mais que o recorde estabelecido em 2012.

Em Iowa, os candidatos republicanos disputavam os 30 delegados do estado para a convenção que elegerá o candidato do partido, na qual necessitam reunir um total de 1.237 delegados.

Hillary Clinton Bill Clinton Iowa USA Präsidentschaftswahlen

Hillary com o marido Bill Clinton em Iowa: empate pode ser tratado como revés para ela

Democratas

No lado democrata, Hillary Clinton, que com a apuração de 99% das urnas está empatada em 49% com Sanders, foi a primeira a aparecer para agradecer aos eleitores seu apoio.

"Estou com vontade de voltar a debater com o senador Sanders", afirmou Hillary, que está abaixo de seu rival nas pesquisas de intenção de voto nas primárias de New Hampshire, a próxima do calendário eleitoral.

Já Sanders, um senador independente que se define como "socialista" e que não militou no partido ao qual concorre à indicação, disse: "Estamos enfrentando a maior organização política dos EUA. Estamos virtualmente empatados."

A façanha de Sanders, que defende o fim da influência do interesse privado na política e não recorreu a uma campanha de ataques, o levou a comemorar o empate como uma vitória.

A apuração para saber quem será o vencedor definitivo na disputa democrata pode se alongar por várias horas, mas será apenas uma vitória "moral", já que, com uma diferença tão pequena, o número de delegados por Iowa que cada candidato levará para a convenção do partido será praticamente o mesmo.

RPR/rtr/ots