1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Tecno alemão conquista o mundo

A alemã Scooter, considerada uma das melhores bandas de rave e tecno do mundo, tornou o gênero "dance" sucesso de vendas.

default

Banda de Hamburgo vai completar 20 anos de sucesso

"O Scooter é um fenômeno que não faltará nas retrospectivas musicais da segunda metade da década de 90", pressagia o site alemão de música Laut. Ao comentar de forma sarcástica o último CD da banda ( The Sadium Techno Experience), Laut resume assim o grupo: "Scooter continua uma marca registrada para a debilidade mental do vocal tecno sem pretensões. Sua fórmula de sucesso consiste em sons que, embora demonstrem sinais de uma melodia suave, imediatamente a avacalham e acabam com ela. Sangramentos de ouvido são comuns."

A carreira da banda está estreitamente ligada aos êxitos da Edel, uma gravadora de Hamburgo, onde o iniciador do Scooter e vocalista HP Baxxter (batizado Hans-Peter Geerdes), fazia bicos como promoter desde 1993.

O sucesso de Hyper Hyper

Nos anos 80, HP e Rick Jordan haviam produzido dois álbuns com o projeto wave Celebrate the Nun, cujo sucesso, embora grande, não ultrapassou as fronteiras da cidade de Hanôver. A gravadora, entretanto, apostou em seu talento. Já sob o novo nome, Scooter, e ao lado de Ferris Büller, primo de Baxxter, foi feito um remix do instrumental do gênero dance Valle de Armes.

Este single foi um fracasso, mas o segundo os catapultou para a fama. Hyper Hyper foi lançado em junho de 1994 com uma inteligente estratégia de marketing e logo ganhou disco de platina, com 700 mil cópias vendidas na Alemanha.

A banda explorou um filão de mercado até então ignorado: em vez das grandes discotecas nas metrópoles, passou a apostar nas pistas de dança do interior. Hyper Hyper, Move your ass, Friends, Endless Summer e Back in the U.K. venderam mais de três milhões de cópias em todo o mundo.

Com Our Happy Hardcore, em 1996, a Scooter foi a primeira banda alemã a lançar um CD multimídia, com fotos, vídeos e informações sobre o grupo. Por várias vezes, seus sucessos estiveram entre os 10 primeiros da parada alemã de sucessos e entre os 20 do ranking britânico. Em dezembro de 1996, foi lançado Break it up, escrita por Nosie Katzmann.

No ano seguinte, foi a vez de Fire, com destaque para a guitarra elétrica. A música foi tema dos filmes Combate Mortal: A Aniquilação e Hackers 2. Em apenas um mês, conquistou disco de ouro. Agosto de 1997 foi o mês do lançamento de The Age of Love, que apresenta um pequeno trecho do tema de Exterminador do Futuro, de James Cameron.

Máquina de sucessos

O que diferencia a banda da maioria dos projetos comerciais de dance é sua capacidade de produzir triunfos. Seja Billy Idol, Kiss ou Bots, tudo passa sem piedade pelo moedor do Scooter e vira disco de ouro ou platina.

Sua primeira turnê, Age Of Love, em setembro de 1997, rompeu todos os recordes. Os concertos ao vivo atraem em média 250 mil fãs por ano. Em 1998, por exemplo, seu show em Moscou foi assistido por 17 mil pessoas.

Em junho de 1998, Ferris deixou a banda, sendo substituído pelo tecladista e programador Axel Coon. Baxxter continuou como vocalista e Rick Jordan, tecladista e programador. Em março de 2002, Coon saiu da banda, dando lugar a Jay Frog. O som irreverente e ensurdecedor permaneceu inalterado, para a alegria da galera em todo o mundo.

Leia mais

Links externos