1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Taxa de desemprego cai na zona do euro

Percentual de desocupados nos países de moeda comum atinge menor nível em quase três anos. Situação continua grave na Grécia e na Espanha, onde cerca de um quarto da população está desempregada.

Em janeiro, a taxa média de desemprego registrada nos países da zona do euro foi de 11,2% – nível atingido pela última vez em abril de 2012, afirmou o Departamento de Estatísticas da União Europeia (Eurostat) nesta segunda-feira (02/03).

Em dezembro do ano passado, a taxa de desemprego nos países de moeda comum foi de 11,3%, e há um ano, em janeiro de 2014, havia sido de 11,8%.

No total, os 19 países da zona do euro registraram 18.059.000 mulheres e homens desempregados no primeiro mês deste ano. A menor taxa de desemprego foi registrada na Alemanha (4,7%), seguida pela Áustria (4,8%).

As maiores taxas continuaram a ser verificadas na Grécia (25,8%, segundo o último levantamento, de novembro passado) e Espanha (23,4%).

A taxa de desemprego continua particularmente elevada entre os jovens. Na faixa etária entre 15 e 24 anos, a zona do euro registrou taxa de desemprego de 22,9%, ou seja, 1,4 ponto percentual a menos que no mesmo período do ano anterior. Entretanto, estudantes universitários sem trabalho não foram considerados.

Em todos os 28 países-membros da União Europeia, 23.815.000 pessoas estavam desempregadas em janeiro. Isso corresponde a uma taxa de desemprego de 9,8% – 0,8 ponto percentual a menos do que em janeiro do ano anterior.

CA/dpa/rtr

Leia mais