1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Tango argentino enfrenta 'mariachi' descompassado

Favorita ao título, Argentina enfrenta neste sábado o México, que mostrou um futebol feio e sofreu para passar às oitavas-de-final.

default

Argentinos querem manter festa

No duelo deste sábado às 21h (16h (de Brasília) em Leipzig, pelas oitavas-de-final da Copa do Mundo, o México é o azarão. Enquanto os argentinos passaram sem problemas pelo "grupo da morte", os mexicanos – em quarto lugar no ranking da Fifa – quase tropeçaram no Grupo D. Ficaram num empate sem gols com Angola e perderam para Portugal.

Depois de aplicar uma goleada de 6 a 0 sobre a Sérvia e Montenegro, a Argentina desbancou até o Brasil como principal favorita ao título. Campeões em 1978 e 1986, os argentinos entram em campo com os melhores trunfos.

No mata-mata, o técnico José Pekerman vai escalar a mesma equipe que fez sucesso na primeira fase. Messi e Tevez ficam no banco. Burdisso, que se recupera de contusão, deverá ser substituído por Coloccini.

Já o técnico mexicano Ricardo La Volpe acredita que pode eliminar os favoritos e levar sua equipe às quartas-de-final. Os mariachis pretendem acertar o passo e apostam na velocidade. Ex-goleiro da Argentina no elenco campeão em 1978, La Volpe conhece o adversário e sabe que é inútil tentar superar os "hermanos" no toque de bola.

Apesar do favoritismo, Pekerman tenta baixar a bola. "O México sempre dificultou a nossa vida. Não se deve acreditar que será um adversário fácil. Eles sempre estão em condições de marcar gols. E agora é tudo ou nada", diz o técnico argentino, que aposta na experiência de sua equipe.

As duas equipes só se enfrentaram uma vez até hoje em Copas do Mundo: no torneio de 1930, a Argentina venceu por 6 a 3. Ao todo, já fizeram 14 confrontos, com um saldo de cinco vitórias argentinas, duas mexicanas e sete empates.

Em caso de empate hoje, haverá disputa de pênaltis, como na Copa das Confederações 2005, quando a Argentina ganhou por 6 a 5. O vencedor do jogo em Leipzig será o adversário de Alemanha ou Suécia, que travam o primeiro duelo pelas oitavas de final, neste sábado em Munique.

ARGENTINA x MÉXICO

Data: 24/06/2006
Local: Zentralstadion, em Leipzig
Horário: 21h (16h de Brasília)
Árbitro: Massimo Busacca (Suíça)
Assistentes: Matthias Arnet e Francesco Buragina (ambos da Suíça)

Prováveis escalações

Argentina
Abbondazieri, Coloccini, Ayala, Heinze e Sorín; Cambiasso, Mascherano, Maxi Rodriguez e Riquelme; Saviola e Crespo.
Técnico: José Pekerman

México
Sánchez; Salcido, Rafa Márquez e Osório; Mendez, Torrado, Pardo, Zinha e Pineda ; Fonseca e Borgetti.
Técnico: Ricardo La Volpe

  • Data 24.06.2006
  • Autoria (mas / gh)
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente http://p.dw.com/p/8fci
  • Data 24.06.2006
  • Autoria (mas / gh)
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente http://p.dw.com/p/8fci