1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Taiwan e China confirmam encontro histórico

Presidentes dos dois Estados irão se encontrar pela primeira vez em mais de seis décadas. Reunião marcará início de "comunicação direta" entre os antigos rivais, diz governo chinês.

default

Encontro entre Ma Ying-Jeou e Xi Jinping foi marcado para sábado

Pela primeira vez desde o fim da guerra civil há mais de 65 anos, os presidentes da China, Xi Jinping, e de Taiwan, Ma Ying-Jeou, irão se encontrar. O encontro histórico foi marcado para sábado em Cingapura, confirmou Pequim nesta quarta-feira (04/11).

"A reunião marcará o início de uma comunicação direta" entre os dois líderes, disse Zhang Zhijun, responsável pelo Gabinete para Assuntos de Taiwan no Conselho de Estado e no Comitê Central do Partido Comunista chinês.

O governo chinês declarou ainda que a reunião é fundamental para evitar conflitos. Zhang disse que Xi e Ma conversarão sobre paz e prosperidade, além de buscar a consolidação uma base política comum.

Desde que assumiu o poder em 2008, Ma tem seguido uma política pró-China e assinou vários acordos com o país, nos setores econômico e de turismo.

O anúncio foi bem recebido pelos Estados Unidos. Segundo um porta-voz da Casa Branca, qualquer passo para reduzir a tensão entre os dois lados é bem-vindo.

A relação entre os dois Estados está estremecida desde 1949, quando o Partido Nacionalista Chinês (Kuomintang) perdeu a guerra civil para o Partido Comunista. Com a derrota, os líderes do Kuomintang estabeleceram em Taiwan um novo governo e proclamaram na ilha a República da China.

Pequim, no entanto, ainda considera Taiwan uma província chinesa, apesar de a ilha funcionar, na prática, como um país independente.

CN/rtr/lusa/afp/dpa

Leia mais