1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Tailândia registra primeiro caso de Mers

Ministério da Saúde do país confirma infecção de homem oriundo do Omã. Mais de 50 pessoas são colocadas em quarentena. É a primeira contração do vírus mortal fora da Coreia do Sul desde a erupção no começo do mês.

O Ministério da Saúde da Tailândia confirmou, nesta quinta-feira (18/06), o primeiro caso do vírus da

Síndrome Respiratória do Oriente Médio (Mers)

no país. Mais de 50 pessoas foram colocadas em quarentena, depois que dois laboratórios terem constatado a infecção de um homem de 75 anos, oriundo do Omã.

O homem chegou à Tailândia em 15 de junho para procurar tratamento de um problema cardíaco num hospital privado.

"Aconselhamos a população a não entrar em pânico porque o paciente e os familiares foram separados desde o início", disse o ministro da Saúde, Rajata Rajatanavin. "O nosso sistema [de Saúde] é apto e estamos monitorando os casos de perto."

A Tailândia colocou em quarentena 59 pessoas que tiveram contato com o homem, incluindo pessoal da equipe médica do hospital, funcionários de um hotel e três parentes.

O Departamento de Controle de Doenças do país disse que também está realizando uma triagem de viajantes como medida preventiva para impedir a transmissão do vírus.

"Estamos verificando 67 portos, incluindo entradas por terra, marítimas e aéreas", afirmou o chefe do departamento, Sophon Mekthon. "Comunicamos todos os hospitais na Tailândia para ficarem em alerta. Aqueles que voltarem do Oriente Médio e da Coreia do Sul devem ser verificados cuidadosamente", acrescentou.

A infecção na Tailândia ocorreu em meio a um surto de Mers na Coreia do Sul, que já matou 23 pessoas e infectou outras 160. A reação lenta da Coreia do Sul em deter a iminente crise gerou críticas da população coreana a respeito da estratégia ineficaz do governo local.

No entanto, a chefe da Organização Mundial da Saúde (OMS), Margaret Chan, elogiou os esforços do governo coreano após novos casos do vírus terem caído na casa de um dígito – um sinal de que o vírus mortal pode finalmente estar sob controle.

O Mers foi identificado pela primeira vez na Arábia Saudita, em 2013, embora ele tenha sido detectado na Europa, América do Norte e Ásia. O surto de 2012 na Arábia Saudita deixou mais de 400 mortos e mil infectados.

PV/afp/rtr/ap/dpa

Leia mais