1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

T-Mobile e Vodafone disputam mercado alemão de telefonia móvel

Com 23,2 milhões de clientes, a T-Mobile lidera o mercado alemão de serviços de telefonia móvel, seguida da operadora britânica Vodafone, com 21,345 milhões.

default

As crianças estão entre os principais clientes de celulares pré-pagos

A Vodafone, que já foi líder na Alemanha quando operava sob o controle da Mannesmann, anunciou a perda de 90 mil clientes desde o mês de março passado. A maioria deles são usuários que compraram cartões pré-pagos e não se interessaram em fazer uma assinatura, disse a empresa sediada em Düsseldorf.

Na Alemanha, a T-Mobile, subsidiária da Deutsche Telekom, conquistou cerca de 200 mil clientes no mesmo período, consolidando sua posição de número um no mercado alemão.

A Vodafone é a líder mundial em telefonia móvel, com 103,9 milhões de clientes no mundo inteiro. A empresa registrou 2,7 milhões de novos usuários nos últimos três meses, mas a metade deste crescimento deve-se a aquisições e participações em outras empresas e não a um aumento da própria clientela.

ARPU – Um dos principais indicadores para avaliar o desempenho das operadoras de telefonia móvel é o ARPU (average revenu per user), o faturamento médio por cliente. Segundo a Vodafone, seu ARPU cresceu nos últimos 12 meses, situando-se em 302 euros na Alemanha e 278 libras (cerca de 441 euros) na Grã-Bretanha. A T-Mobile afirma que o seu ARPU cresceu 23,20 euros no último trimestre, mas não revelou seu valor total. Também a E-Plus, terceira maior operadora de celulares na Alemanha, perdeu clientes no último trimestre. Segundo analistas, a empresa ganhou alguns assinantes, mas teve de suprimir um grande número de usuários inativos. São os usuários que compraram um cartão pré-pago e nunca mais o recarregaram.

A E-Plus, subsidiária da holandesa KPN, não divulgou seu número atual de clientes na Alemanha. No final de julho de 2001, ainda tinha 7,52 milhões de usuários; no final de março de 2002, este número tinha caído para 7,3 milhões.

Leia mais

Links externos