1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Técnico alemão tem futuro incerto após estréia

O treinador alemão Otto Pfister provavelmente deixará o comando da seleção de Togo de maneira definitiva antes da segunda rodada da Copa do Mundo, contra a Suíça, no dia 19.

O secretário-geral da federação togolesa foi cético ao comentar o trabalho do técnico na estréia da equipe no torneio, nesta terça-feira (13/6), com uma derrota de virada por 2 a 1 para a Coréia do Sul.

"Não sei no momento o que irá acontecer", disse Assogbavi Komlan ao ser questionado sobre quem comandaria a equipe na próxima partida. "Não gosto de Pfister. Ele não é um bom treinador e, por mim, Pfister não é o técnico de Togo", esbravejou.

O treinador alemão deixou a seleção de Togo dias antes da estréia por não concordar com a discussão entre jogadores e federação em relação à premiação na Copa. Os atletas exigiam o pagamento de 155 mil euros para cada um antes da estréia, mais 30 mil euros em caso de vitórias e outros 15 mil por empates.