1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Sven Hannawald, o novo astro do esporte alemão

O esquiador venceu todas as provas do Torneio das Quatro Rampas e se destaca como o novo ídolo da nação. Após seu triunfo, Sven recebeu um telegrama de felicitação de Gerhard Schröder, chanceler federal da Alemanha.

default

O esquiador Sven Hannawald comemora a espetacular vitória em Bischofshofen, Áustria, com o técnico Reinhard Hess (direita).

Sven Hannawald nem era o favorito do torneio que reúne os melhores profissionais de saltos de esqui. Entretanto, desde sua primeira exibição no 50º Torneio das Quatro Rampas, em Oberstdorf, na Alemanha, dia 30 de dezembro de 2001, o atleta deixou que claro que seu objetivo era vencer e superar a si próprio. Ele obteve o melhor desempenho nas quatro etapas do torneio e conquistou o coração do público, que ficou fascinado pelo espetáculo apresentado pelo alemão de 27 anos.

Ao atingir o recorde de 139 metros no primeiro salto realizado na tarde de ontem em Bischofshofen, Áustria, e 131,5 metros no segundo salto, Sven garantiu sua vitória no cômputo geral com 282,9 pontos, ficando bem à frente do segundo colocado, o finlandês Matti Hautmäki, com 280,4 pontos. Com 274,2 pontos, o austríaco Martin Höllwarth conseguiu o terceiro lugar.

"Nunca imaginei que fosse capaz de um desempenho desse. Provavelmente ainda vai demorar alguns dias até que eu entenda direito o que aconteceu comigo. Eu consegui algo que toda uma geração de atletas sempre sonhou. Na verdade, estou super orgulhoso", disse Sven, ouvindo o júbilo da torcida.

O treinador da seleção alemã de esqui, Reinhard Hess, esclareceu que Sven conseguiu o feito graças ao amadurecimento de sua auto-confiança. "Ele era uma pessoa que sempre duvidava de si próprio. Para mim, muito mais importante do que o fato de suas quatro vitórias tornarem-se parte da história do esporte alemão, é a constatação de que Sven desenvolveu sua auto-confiança. Ele é muito mais competente do que acreditava ser."

Pausa antes do Campeonato Mundial

O próximo objetivo de Sven Hannawald é apresentar um desempenho similar no Campeonato Mundial, em Willingen, que começa no próximo final de semana. Até quarta-feira, a recomendação do treinador é que o campeão aproveite o tempo para descansar e recuperar energias. "Eu conheço bem o Sven. Ele precisa de repouso e treino de rotina".

Sven, por sua vez, não pretende deixar que este momento de glória seja o único em sua carreira. "Agora vamos prosseguir. Eu quero aproveitar ao máximo esta temporada. Me sinto em excelente forma e pretendo continuar no topo. Tenho muitos objetivos, como ganhar uma medalha olímpica, por exemplo."

Imprensa elogia

A imprensa alemã não poupou elogios à nova estrela do esporte nacional. Sven Hannawald foi destaque em vários jornais, que se esmeraram para criar frases tão espetaculares quanto o desempenho do esquiador. Confira algumas delas:

  • "Alemanha tem um novo ídolo do esporte: Sven Hannawald, o rei do salto de esqui." ( Frankfurter Neue Presse)
  • "Svenomenal" ( Berliner Morgenpost)
  • "Um triunfo para a eternidade" ( Märkische Oderzeitung)
  • "Um novo mito: Sven Hannawald" ( Kölner Stadtanzeiger)
  • "Asas para a eternidade" ( Südwest Presse Ulm)
  • "É de tirar o chapéu" ( Thüringische Landeszeitung)
  • Hannawald como Boris Becker em Wimblendon, no ano de 1985: S(v)ensacional" ( Ruhr Nachrichten)
  • "Hannawald: o rei dos ares" ( Abendzeitung)
  • " Um salto para a imortalidade" ( Leipziger Volkszeitung)

    A emissora de TV RTL, que transmitiu ao vivo a última etapa do Torneio das Quatro Rampas, registrou recorde de telespectadores na tarde de domingo. Cerca de 13,33 milhões de pessoas estavam de olho na telinha, conferindo a competição. O pico de audiência de 14,89 milhões aconteceu durante o segundo salto de Sven. Até então, a melhor cota de audiência havia sido de 9,82 milhões de telespectadores, durante a transmissão da segunda etapa do torneio, em Oberstdorf, no dia 1º de janeiro.