1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Suspeito de atentado em Boston é indiciado e será julgado por tribunal civil

Dzhokhar Tsarnaev, de 19 anos, poderá ser condenado à pena de morte pelos ataques à Maratona de Boston. Ele apontou o irmão mais velho como mentor do atentado.

O suspeito do atentato à Maratona de Boston, Dzhokhar Tsarnaev, de 19 anos, foi formalmente acusado por promotores públicos nesta segunda-feira (22/04), durante uma audiência realizada no quarto de hospital em que Tsarnaev está internado, em Boston.

O jovem estudante foi acusado de usar armas de destruição em massa e de participar de uma conspiração para o uso delas. Ele também foi acusado de destruição de propriedade com o uso de explosivos.

Com o irmão, que morreu durante uma perseguição policial, Tsarnaev é o principal suspeito de autoria dos ataques que resultaram na morte de três pessoas e deixaram mais de 180 feridos.

O governo americano disse que não há outra opção além de levar Tsarnaev a um tribunal civil. Políticos haviam sugerido que ele fosse levado a um tribunal militar, sendo tratado como um combatente inimigo, acusado de terrorismo e sem algumas das proteções previstas na lei.

Mas Tsarnaev é um cidadão americano, lembrou o porta-voz da Casa Branca, Jay Carney, e por isso não pode ser julgado por um tribunal militar.

Em estado grave

Beth Israel Deaconess Medical Center in Boston Attentäter Dzhokhar A. Tsarnaev

O suspeito segue internado em estado grave

O jovem de 19 anos permanece internado em estado grave, com um tiro na garganta e outros ferimentos sofridos durante sua tentativa de fuga. Seu irmão mais velho, Tamerlan, de 26 anos, morreu sexta-feira passada após um tiroteio com a polícia. Devido ao ferimento na garganta, o acusado comunicou-se com os investigadores apenas por escrito ou com movimentos da cabeça.

Durante o interrogatório, Tsarnaev afirmou que o ataque foi liderado pelo irmão e que os dois agiram sozinhos, segundo relatos da emissora CNN e do jornal The New York Times.

De acordo com as autoridades americanas, os dois irmãos, aparentemente, não estão ligados a nenhum grupo terrorista muçulmano e seriam jihadistas que atuaram sozinhos, sem a ajuda de um grupo.

Prisão perpétua ou pena de morte

No quarto do hospital, uma juíza leu as acusações a Tsarnaev. Se declarado culpado, ele pode pegar prisão perpétua ou pena de morte. Devido à gravidade dos crimes, os promotores também pediram que não haja a possibilidade de fiança enquanto Tsarnaev não for julgado. O advogado de defesa aceitou o pedido.

A juíza constatou no final da primeira audiência que o acusado está lúcido e mentalmente consciente da natureza dos procedimentos. Segundo documento divulgado pelo The New York Times, a próxima audiência deve acontecer na terça-feira que vem.

Além do processo pelo atentado, Tsarnaev deve ser processado separadamente pelo estado do Massachussetts. Ele também seria o responsável pela morte de um policial em um tiroteio no campus universitário do Instituto de Tecnologia de Massachussetts (MIT), ocorrido durante uma perseguição policial.

FA/ap/afp/lusa/rtr

Leia mais