1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Superministro potencial de Stoiber é amigo do Brasil

Personalidade Brasil-Alemanha de 2002, Lothar Späth será o superministro do gabinete de Edmund Stoiber, caso a oposição de centro-direita vença as eleições parlamentares na Alemanha, em setembro deste ano.

default

Lothar Späth (esq.) e o candidato oposicionista Edmund Stoiber

Ex-governador do Estado de Baden-Württemberg, atual presidente da Jenoptik – a mais bem sucedida empresa de tecnologia avançada do Leste alemão – e ganhador do Prêmio Personalidade Brasil-Alemanha de 2002, Späth deverá ser o ministro da Economia. Mas acumulará poderes que estão hoje na alçada de outros ministérios.

Segundo Edmund Stoiber, o nome de Lothar Späth simboliza a arrancada e a reconstrução do Leste, sendo um verdadeiro programa para o desenvolvimento econômico e social dos novos Estados federados no leste do país, que constituíram antigamente a extinta Alemanha Oriental. Späth tem múltiplos talentos, é empreendedor e planejador com visão de futuro, afirma o candidato oposicionista.

Com as atribuições de ministro da Economia, ele deverá acumular também a responsabilidade pela política trabalhista, assim como por uma parte relevante da política monetária e financeira. Esta foi a condição imposta por Lothar Späth, para aceitar o convite do candidato Stoiber. Com isto, o portador do Prêmio Personalidade Brasil-Alemanha de 2002 poderá tornar-se um superministro em Berlim, caso a oposição democrata-cristã (CDU) e social-cristã (CSU) vença as próximas eleições.

Personalidade Brasil-Alemanha

O Prêmio Personalidade Brasil-Alemanha será entregue a Lothar Späth e ao agraciado brasileiro deste ano, Oswaldo Moreira Douat (vice-presidente da CNI – Confederação Nacional das Indústrias), durante o Encontro Econômico Brasil-Alemanha, que será realizado em Hamburgo, de 23 a 25 de junho próximo.

O Encontro Econômico Brasil-Alemanha é um evento anual que inclui o Encontro Empresarial e a reunião da Comissão Mista Brasil-Alemanha de Cooperação Econômica. Ele reúne entre 300 e 500 empresários e representantes do governo dos dois países, para debater os problemas atuais nas relações econômicas bilaterais. Todos os anos, o Encontro é aberto com a outorga do prêmio "Personalidade Brasil-Alemanha", concedido a duas pessoas – uma da Alemanha e outra do Brasil –, que se esforçaram especialmente para o aprofundamento das relações econômicas entre os dois países.