Super Mario chega aos smartphones | Cultura europeia, dos clássicos da arte a novas tendências | DW | 15.12.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Super Mario chega aos smartphones

Nintendo estreia no mercado de dispositivos móveis com o jogo "Super Mario Run", inicialmente disponível para iPhone. Criadores apostam na popularidade do personagem e facilidade de operar o game.

A desenvolvedora japonesa de videogames Nintendo lança nesta quinta-feira (15/12) o seu primeiro jogo para smartphones. "Super Mario Run", que está disponível inicialmente apenas para dispositivos com o sistema iOS, da Apple, marca uma mudança de estratégia pela Nintendo, que até então estava focada em jogos de console.

A versão do "Super Mario" para smartphones, anunciada em setembro junto com o lançamento do iPhone 7, da Apple, pode ser baixada gratuitamente. Mas para ter acesso a todos os níveis é preciso comprar um pacote que custa 9,99 dólares (pouco mais de 30 reais).

A Nintendo ressaltou que o jogo segue a mesma estética clássica dos games da série e tem três modos diferentes: "World Tour", "Toad Rally" e "Kingdom Builder". Os jogadores precisam controlar os saltos que o personagem Mario dá no jogo, enquanto ele se move em modo automático da esquerda para a direita. 

Chave do sucesso

Em entrevista para o jornal americano USA Today, o criador de games Shigeru Miyamoto, que ajudou na criação de Mario e outros protagonistas da Nintendo, lembrou que parte do sucesso do original "Super Mario Bros" está na facilidade de jogar.

O designer de games da Nintendo, Shigeru Miyamoto, durante a apresentação do Super Mario Run, em setembro

O designer de games da Nintendo, Shigeru Miyamoto, durante a apresentação do Super Mario Run, em setembro

A partir dessa experiência bem sucedida, o "Super Mario Run" para smartphones é também fácil de operar. "Pensamos que se fôssemos nos concentrar num jogo em que não temos de nos preocupar com o controle, então poderíamos nos concentrar no salto que o Mario dá. Isso faz o jogo mais simples para um público maior apreciar".

A entrada da fabricante japonesa de videogames no mercado de smartphones acontece relativamente tarde. Há quase dez anos, a empresa vinha hesitando em lançar jogos para o crescente número de usuários de telefones celulares.

Miyamoto considera que Mario é popular o bastante entre todas as gerações para atrair interesse para o lançamento e conquistar novos clientes, segundo o USA Today. Embora esteja interessada em conquistar um novo segmento de mercado, a Nintendo não deve abandonar os jogos de console. 

A empresa não informou quando pretende lançar um versão do "super Mario Run" para dispositivos Android.

TMS/dpa

Leia mais