1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

SUÍÇA

default

Depois de não conseguir a classificação nas duas últimas edições, os suíços garantiram uma vaga na Copa do Mundo de 2006 com sofrimento. A vaga foi arrancada em uma verdadeira batalha travada em Istambul, na Turquia.

Fußball Schweiz Türkei

Recepção nada amistosa em Istambul

A Suíça foi para a repescagem com a segunda colocação do Grupo 4 da região européia, que foi liderado pela França. Os suíços ganharam no saldo de gols de Israel. No entanto, torcida, comissão técnica e jogadores não imaginavam que o pior ainda estava por vir.

Suíça e Turquia disputaram a primeira partida da repescagem em Berna. Vitória dos donos da casa, 2 a 0. O segundo jogo foi em Istambul, marcado por batalhas dentro e fora de campo.

Os 11 guerreiros suíços se deram melhor, após perderem por 4 a 2. Conseguiram a classificação porque fizeram mais gols no campo do adversário. Saíram do estádio em meio a tumultos e agressões, mas festejando a classificação.

Antes de perder para a Turquia, a Suíça ostentava campanha de 14 jogos sem derrotas. A atual geração da seleção é considerada bem-sucedida. O time conta com o meio-campista Tranquillo Barnetta, do Bayer Leverkusen, e o zagueiro Philippe Senderos, do Arsenal, campeões da Europa, categoria Sub-17, em 2002.

A presença do meio-campista Raphael Wicky, do Hamburgo, é fator de equilíbrio de uma equipe cuja mescla de jogadores experientes com jovens já mostrou atingir bons resultados. A Suíça ficou no Grupo G da Copa do Mundo com França, Togo e Coréia do Sul. A delegaçao vai se hospedar em Bad Bertrich, no Oeste da Alemanha, durante a Copa.

Destaque

Alexander Frei, Schweiz, WM 2006

Marcando gols e invicto até enfrentar os turcos

Alexander Frei

Nascimento: 15/07/1979, Bâle

Posição: Atacante

Clube: Rennes

Convocados

Goleiros: Diego Benaglio (Funchal/POR), Pascal Zuberbühler (Basel), Fabio Coltorti (Grasshopper)

Defensores: Valon Behrami (Lazio/ITA), Philipp Degen

(Dortmund/ALE), Johan Djourou (Arsenal/ING), Stéphane Grichting (Auxerre/FRA), Ludovic Magnin (Stuttgart/ALE), Patrick Müller (Lyon/FRA), Philippe Senderos (Arsenal/ING), Christop Spycher (Frankfurt/ALE)

Meias: Tranquillo Barnetta (Leverkusen/ALE), Ricardo Cabanas (Colônia/ALE), David Degen (Basel), Blerim Dzemaili (Zurich), Daniel Gygax (Lille/FRA), Xavier Margairaz (Zurich), Johann Vogel (Milan/ITA), Raphaël Wicky (Hamburgo/ALE)

Atacantes: Alexander Frei (Rennes/FRA), Mauro Lustrinelli (Sparta Praga/RTC), Marco Streller (Colônia/ALE), Hakan Yakin (Young Boys Bern)

Primeira fase

França x Suíça – 13 de junho, Stuttgart

Togo x Suíça – 19 de junho, Dortmund

Suíça x Coréia do Sul – 23 de junho, Hannover

Informações Gerais

Nome: Confederação Suíça

Continente: Europa

Capital: Berna

Maiores cidades: Zurique, Genebra, Basiléia, Berna, Lausanne

Moeda: Franco suíço

Idiomas: alemão, francês, italiano e romanche

Sistema de Governo: República Confederativa

Dados Geográficos

Área: 41.285 km²

Fronteira: França, Itália, Áustria, Alemanha e Liechtenstein

População

7.261.200 habitantes

Expectativa média de vida: 78 anos