1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Suíça bloqueia projeto da luxuosa mansão de Schumacher

Cresce na Suíça a resistência contra planos do tetracampeão da Fórmula-1 de construir na região de Wolfhalden uma mansão de 1100 m², com piscina coberta, salão de ginástica, cocheiras e pavilhão de equitação.

default

Na maquete da obra pretendida pelo piloto, vê-se a mansão (dir.) e o estábulo (esq.)

O Departamento Federal de Urbanismo (ARE) da Suíça considerou "inaceitáveis" os planos de construção apresentados pela família Schumacher. A localização planejada para a residência de luxo é uma área de proteção ambiental, que não está liberada para a construção civil.

Apesar de indeferido o pedido de alvará de construção, Michael Schumacher pretende insistir e mostra-se disposto a aceitar eventuais condições impostas pelas autoridades locais.

Segundo o diretor do ARE, Pierre-Allain Rumley, o órgão não tem nada contra os planos da família Schumacher, de estabelecer residência no cantão suíço de Appenzell-Ausserrhoden. Mas o exame dos planos de construção levou à conclusão de que o requerimento implicaria uma mudança do status de proteção ambiental da área pretendida para a construção. A decisão já foi comunicada oficialmente às autoridades do cantão. Rumley acredita que um eventual processo judicial acabaria por apoiar o ponto de vista do ARE.

Segundo Peter Münch, advogado de Michael Schumacher em Genebra, o piloto alemão quer insistir nos seus planos. O Departamento Federal de Urbanismo teria manifestado a sua opinião sobre o assunto, mas não existe ainda nenhuma decisão judicial que impeça a realização do projeto, afirmou Münch.

Para a família Schumacher, contudo, os planos de construção não deverão ser motivo para processo judicial. O advogado não excluiu a possibilidade de que Michael Schumacher busque uma área alternativa para a localização da sua nova residência.