1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Stuttgart reúne estrelas da ginástica

Uma das atrações na etapa alemã da Copa do Mundo de Ginástica, em Stuttgart, é a brasileira Daiane dos Santos, campeã mundial nos exercícios de solo.

default

Daiane: "Responsabilidade de mostrar o que eu sei"

Stuttgart é neste final de semana o centro das atenções do universo da ginástica. De sexta-feira a domingo, a cidade do sul da Alemanha reúne os principais ginastas do mundo para mais uma etapa da Copa do Mundo. O Brasil é representado pelos atletas Daiane dos Santos, 20 anos, do Grêmio Náutico União, Camila Comin, 20 anos, da Universidade do Esporte, Diego Hypólito, 17 anos, do Flamengo, e Mosiah Rodrigues, 22 anos, também do Grêmio Náutico União. Daniele Hypólito, 19 anos, do Flamengo, que participaria da competição, sofreu uma entorse no joelho esquerdo e não pôde viajar para Stuttgart.

Competição difícil

Daiane retorna à Alemanha depois de receber o bronze no solo na etapa de março da Copa do Mundo. “A expectativa é muito grande. O nível da competição é alto e eu estou ansiosa”, disse a ginasta gaúcha em um intervalo dos treinos em Stuttgart. Para Camila, que participa pela primeira vez de uma Copa do Mundo, a etapa alemã é “bem difícil. Aqui estão os melhores do mundo. Quem errar menos vai ganhar”. Daiane competirá em solo, salto sobre o cavalo e paralelas. Camila disputará salto sobre o cavalo, paralelas e trave de equilíbrio.

Responsabilidade

Para Daiane, a conquista da medalha de ouro – a primeira do Brasil – no último Mundial de Ginástica Artística, disputado em Anaheim (EUA), em agosto, não aumenta sua responsabilidade. “Eu me sinto com a responsabilidade de mostrar o que eu sei, não necessariamente de ganhar.” Mosiah também fala em responsabilidade – ele é o único atleta brasileiro de ginástica classificado para os Jogos Olímpicos de Atenas, em 2004. “Vou representar a ginástica masculina brasileira”, afirma. Ele elogia o alto nível da competição de Stuttgart. “A Copa do Mundo é importante também como preparação e para ver como estão os outros atletas.” Mosiah competirá em cinco categorias: solo, cavalo com alças, argola, paralelas e barra.

Medalhas

A expectativa dos brasileiros é a conquista de medalhas. “Eu vou entrar para disputar”, afirma Diego, que concorrerá em solo, salto e cavalo com alças. “A gente se reuniu para treinar em Curitiba e o que vier é fruto do nosso esforço.” Mosiah, que é especialista em cavalo com alças e barra, também quer sair “premiado” de Stuttgart. “Em cavalo e barra eu quero pelo menos pegar a final”, afirma o ginasta.

A competição traz a Stuttgart oito campeões mundiais em Anaheim e quatro campeões olímpicos dos jogos de Sydney. Ao todo participam 32 países, com mais de 110 atletas. Serão distribuídos cerca de 75 mil euros em prêmios. Entre as estrelas estão a campeã olímpica e mundial Svetlana Khorkina, da Rússia, e a campeã mundial em salto Oxana Chusovitina, do Uzbequistão. A etapa de Stuttgart é a última competição oficial dos ginastas brasileiros este ano. Até abril de 2004, haverá mais três etapas da Copa do Mundo: na França, na Alemanha e no Brasil.

Leia mais