1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Soneca no escurinho do cinema

Já se foram os tempos em que um cochilo no cinema era constrangedor. Ao menos em Frankfurt, onde um complexo de cinemas está oferecendo uma "soneca energizante" na pausa do estresse diário.

default

O cinema como spa

Já tinham razão nossos avós, que pregavam a importância de um descanso − por menor que fosse − após o almoço. Pois é isso que está sendo oferecido por um complexo de cinemas de Frankfurt, o centro financeiro da Alemanha. Os 20 minutos de power napping − termos em inglês são moda também na Alemanha − são oferecidos no Cinestar Metropolis, de Frankfurt.

O programa é oferecido a cada meia hora, de segundas a sextas-feiras, das 12 às 14 horas. Os visitantes podem fechar os olhos e cochilar sem peso de consciência, pois não perdem nadinha do filme, já que na tela não passa nada. Há apenas o som e as poltronas confortáveis...

Cochilo com hora para acordar

Tirar uma pestana no cinema permite o tão necessário descanso a quem não tem tempo de ir para casa, nem pode fazer uma pausa no local de trabalho. Este conceito do power napping foi criado pelo neurologista Fritz König, de Lübeck, norte da Alemanha, e seu colega Ulrich Feldtmann. Ele não é, no entanto, uma forma especial de combate ao estresse ou método mirabolante para o tratamento de saúde, garantem os dois estudiosos.

O descanso oferecido pelo Metropolis aproveita as poltronas extremamente confortáveis das suas salas de projeção. E para garantir que ninguém atrapalhe o vizinho, sempre é deixada uma poltrona vazia entre um ocupante e outro. Como garantia de que a soneca ficará mesmo só no cochilo, a música suave é substituída no tempo certo por uma voz que nos traz à realidade.

Consagrado método de descanso

Segundo o gerente do cinema, Stefan Burger, a procura ainda é pequena, em torno de dez pessoas por dia. Ele espera que o público cresça, assim que a idéia for mais difundida. O programa começou a ser oferecido pouco antes do Natal, pensando no filão dos consumidores estressados com as tradicionais compras para as festas de final de ano.

"Mera ilusão! Quem trabalha, aproveita justamente a pausa do meio-dia para fazer suas compras", admite agora o gerente. Mas ele não se dá por vencido e acha que seu negócio ainda vai deslanchar.


Já o gênio Albert Einstein tirava suas sonecas. Na Inglaterra e no Canadá, é usual até mesmo oferecer salas de descanso aos funcionários.

Nestes ambientes, pode-se recuperar energia em poltronas confortáveis, música relaxante e luzes coloridas. Também no Japão está crescendo a importância do sono na pausa do meio-dia. Muitas empresas chegam a oferecer "centros de relaxamento", onde os funcionários podem cochilar tranqüilamente.

Desde 1990, a filial francesa da firma de computadores Apple colocou à disposição de seus empregados salas de descanso com camas. Afinal, também é do interesse das empresas que os funcionários estejam descansados, para que trabalhem mais motivados e concentrados. O pesquisadores já provaram que, quando não se faz pausa, o corpo sofre uma queda de desempenho entre 12 e 14 horas. E aí muitas vezes nem café funciona!

Vitamina e descanso por 5,50 euros

"Ainda queremos incrementar nossa propaganda aqui na cidade e destacar os efeitos benéficos desta pausa na saúde", anuncia Burger. Por enquanto, a campanha publicitária se restringe à distribuição gratuita de ingressos para a "soneca no cinema". Mais tarde, o projeto será apresentado a grupos de empresários.

Um dos motivos para que a idéia não tenha deslanchado até agora pode ser o preço. O ingresso para o "relax" custa 5,50 euros, com direito a uma confortável poltrona e um lanchinho com produtos orgânicos. Ao menos é mais barato que o ingresso para assistir a um filme!

Leia mais