1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Solenidade lembra 70 anos de libertação de Buchenwald

Presos e mortos em Buchenwald são homenageados com um minuto de silêncio por sobreviventes e familiares de vítimas. Campo de concentração era o maior em território alemão.

Os 70 anos da libertação do campo de concentração Buchenwald, localizado nos arredores de Weimar, foram lembrados neste sábado (11/04). Durante a solenidade, cerca de 80 sobreviventes e parentes das vítimas fizeram um minuto de silêncio às 15h15 – horário da chegada do exército americano no local – para homenagear aqueles que foram presos e perderam suas vidas no local.

Três veteranos americanos que participaram da libertação também estiveram presentes na cerimônia. Os sobreviventes depositaram flores atrás do portão de entrada do antigo campo de concentração. Cerca de 250 mil pessoas, inclusive crianças, ficaram presas em Buchenwald entre julho de 1937 até 11 de abril de 1945. Nesse período, mais de 56 mil pessoas morreram no local.

Até ser libertado pelo exército americano, esse era o maior campo de concentração em território alemão. Em dezembro de 1944, um em cada três prisioneiros de Buchenwald tinha menos de 21 anos. Em grande parte, suas famílias haviam sido assassinadas.

Os prisioneiros políticos criaram, por isso, os chamados "blocos para crianças" – setores no campo de concentração que contribuíram para aumentar as chances de sobrevivência dos menores de idade.

Buchenwald foi criado pelos nazistas em 1937 no alto de uma montanha chamada Etterberg, nas imediações de Weimar. Foi o terceiro campo de concentração construído pelo regime nazista, após Dachau e Sachsenhausen.

CN/dpa/epd

Leia mais