1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Soldados alemães chegam ao Afeganistão

Chegou nesta sexta-feira ao aeroporto de Bagram o primeiro grupo de alemães e holandeses do comando avançado responsável pela logística da tropa de segurança para o Afeganistão. Resto do grupo chega neste sábado.

default

Alemães aterrissaram em Bagram

Depois de vários dias de atraso devido ao mau tempo, finalmente chegou a Cabul o primeiro grupo dos 100 soldados do comando avançado para a tropa internacional de segurança ISAF. Os 70 alemães haviam saído de Colônia, no oeste alemão, na terça-feira.

Passaram por Eindhoven, na Holanda, onde se juntaram a 30 soldados holandeses. A única escala foi na Turquia, para prosseguirem em aviões mais seguros, mas o mau tempo e neve na pista vinham impedindo a decolagem.

Somente na madrugada desta sexta-feira a viagem foi possível. Os dois aviões que desembarcaram o grupo já retornaram à Turquia, para buscar os 55 soldados restantes. Seu embarque está previsto para este sábado.

Contingente principal chega no final do mês

O contingente multinacional formado por britânicos, alemães, holandeses, dinamarqueses e austríacos tem a missão de proteger o governo de transição de Cabul e ao mesmo tempo preparar a logística para o contingente principal, de 4,5 mil homens, que chegará no final do mês.

A tropa de segurança, que em princípio terá competência apenas sobre Cabul e o caminho ao aeroporto de Bagram, será liderada pela Grã-Bretanha nos primeiros três meses. Os britânicos inclusive já estão fazendo patrulhas na capital afegã.

O governo de transição do Afeganistão, chefiado por Hamid Karsai, continua tentando abrigar em casernas nos arredores de Cabul as unidades armadas da Aliança do Norte, que ocuparam a capital depois de libertá-la do regime talibã. O patrulhamento da capital será feito pela polícia afegã e soldados do contingente internacional.

Alemães poderão usar armas

Com cerca de mil soldados, a Alemanha terá o segundo maior contingente na tropa internacional das Nações Unidas. A Grã-Bretanha tem 1,8 mil. Os soldados poderão fazer uso de suas armas para se defender ou proteger o governo de transição, mas não têm poder para efetuar prisões.

Dois aviões de transporte do tipo Antonov foram destacados para levar equipamentos a Bagram, entre os quais carros blindados e veículos à prova de minas, já que o Afeganistão é o país mais minado do mundo.

Enviado da UE quer ampliação do mandato da ISAF

O alemão Klaus-Peter Klaiber pediu a ampliação do mandato da tropa de segurança ISAF para além de Cabul e arredores. O enviado da União Européia no Afeganistão acrescentou que a limitação é oportuna no momento, mas deveria ser revisada pelas Nações Unidas nos próximos meses.

Klaiber informou também que em Bruxelas estão sendo discutidas as medidas concretas para a reconstrução do Afeganistão, a serem apresentadas pela União Européia na reunião de credores, nos dias 20 e 21 de janeiro, no Japão.

  • Data 11.01.2002
  • Autoria (rw)
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente http://p.dw.com/p/1gul
  • Data 11.01.2002
  • Autoria (rw)
  • Imprimir Imprimir a página
  • Link permanente http://p.dw.com/p/1gul