1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Sol, natureza e cerveja: um brinde aos 200 anos do "Biergarten"

Os bares ao ar livre, ou "Biergarten" são quase tão típicos na Baviera quanto as Lederhose (tradicionais calças de couro). Saiba a história dessa instituição bávara, que reúne bom tempo, natureza, comida e cerveja.

Se você estiver em Munique em um belo dia ensolarado, poderá testemunhar um estranho espetáculo: uma multidão carregada de sacolas plásticas andando em direção ao Jardim Inglês, tradicional parque da cidade. Os moradores de Munique adoram se reunir ao ar livre, rodeados de verde. Alguns querem passear pelo grande parque e se refrescar em um dos riachos que cortam toda sua extensão.

Porém, muitos deles são atraídos para a Torre Chinesa onde fica um tradicional Biergarten, bar ao ar livre. Ao redor da torre podem ser acomodadas 7500 pessoas em longos bancos de madeira, à sombra de altas castanheiras. Nas mesas, canecos de vidro com um litro de chope (por pessoa), tamanho comum somente no sul da Alemanha.

Deutschland ein Mann in bayerischer Tracht trinkt Bier in München

Os Biergarten são uma instituição na Baviera

Uma festa diária

Se você pensa que as pessoas vão ao Biergarten só para beber cerveja, em pouco tempo perceberá que está enganado. O Biergarten é um lugar onde as pessoas vão se encontrar, passar o tempo, se divertir e bater papo. Crianças brincam e correm entre as mesas enquanto seus pais conversam com conhecidos.

Rapazes paqueram as meninas da mesa ao lado. Próximo a elas, uma mesa cheia de homens vestidos com a tradicional roupa da região. Piqueniques são feitos nas grandes mesas, onde pão, pretzel, frios e queijos trazidos de casa são consumidos sem pressa.

No meio desse microcosmo bávaro, alguns turistas tentam achar um lugar nas estreitas fileiras de mesas, ainda surpresos com toda a agitação. Caso todas as mesas estejam ocupadas, não tenha medo de pedir para dividir uma. Isso é comum no Biergarten.

Bayrische Brotzeit Bayern

Os frequentadores podem levar sua própria comida

A cidade dos mil Biergarten

Para entendermos por que os Biergarten são tão importantes na vida dos moradores de Munique, temos que voltar um pouco no tempo. Hoje, existem mais de mil Biergarten, há 200 anos, a história era outra. Nessa época, as tavernas dominavam a vida pública.

Os gostos foram mudando e no final do século 19 as cervejas leves foram se tornando cada vez mais populares. No entanto, essas cervejas exigiam adegas subterrâneas. Eram plantadas castanheiras nos arredores, que ajudavam a manter o local mais fresco.

O próximo passo foi óbvio: as cervejarias começaram com a venda direta de seu produto. Demorou pouco tempo para descobrirem que se podia beber a cerveja fresca no próprio local, e que era muito mais confortável beber sentado. As cervejarias então descobriram que um simples banco de madeira aumentou drasticamente as vendas. Nesta época foi criado o jardim do Hofbräuhaus, no sul da cidade, e é um dos poucos Biergarten que restaram desse período.

As cervejarias com jardim se tornaram tão populares que as tavernas começaram a temer por sua existência, a ponto do rei Maximiliano 1º ter de intervir. No dia 4 de janeiro de 1812, um decreto determinou que os Biergarten não estavam autorizados a vender comida, apenas cerveja.

Os moradores de Munique não se importaram e a partir de então começaram a levar seus alimentos de casa. Assim nasceu o Biergarten, que em 2012 comemora 200 anos. Hoje, eles são encontrados por toda a Alemanha e seguem o modelo dos criados em Munique.

Bildergalerie Frühling Deutschland

Todas as gerações se encontram nos Biergarten

Amada vizinhança

O Biergarten em torno da Torre Chinesa é o segundo maior de Munique e o maior no espaço urbano da capital bávara. Se ele é o mais bonito ou o melhor da cidade, isso é debatido todos os anos pelos jornais locais. Os Biergarten Paulaner, Augustiner Keller e Hirschgarten também são fortes candidatos. A localização, os arredores, a organização das mesas – tudo isso faz a diferença. Nenhum Biergarten é como o outro, dizem os moradores da cidade.

No entanto, para a maioria dos que vivem na capital bávara, os melhores Biergarten são pequenos, não pertencem a grandes marcas de cerveja e estão longe dos locais turísticos. Eles estão espalhados por todos os bairros da cidade e são adorados e frequentados por gerações.

Autor: Martin Rodewig (mas)
Revisão: Roselaine Wandscheer

Leia mais