SITUAÇÃO ECONÔMICA DA ÁFRICA SE AGRAVA | Escreva sua opinião, comentários, críticas ou sugestões | DW | 13.06.2009
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Sua Opinião

SITUAÇÃO ECONÔMICA DA ÁFRICA SE AGRAVA

Esta semana nossos usuários comentaram sobre a situação econômica da África, Instituto Cervantes, Bienal de Veneza, deportação coletiva em Berlim, bibliotecas e a crise, Fassbinder e política internacional. Confira!

default

Os africanos precisam desenvolver suas próprias economias. Eles podiam plantar cana-de-açúcar e fazer etanol para exportar. Melhor que plantar milho, como os EUA, pois isso só favorece a um pequeno grupo de americanos. O resto do mundo tem de se unir para trabalhar no desenvolvimento. O Brasil deveria fazer esta política.
Siegfried Fuchs

Com a queda dos preços das matérias-primas, a situação de muitos países africanos vai piorar consideravelmente. A comunidade dos países ricos deve pensar rapidamente em como ajudar a África, antes que a imigração clandestina se torne um problema ainda maior para os países europeus.
Marcos Silva

INSTITUTO CERVANTES NO BRASIL E NO MUNDO

Enquanto os Institutos Cervantes se espalham pelo mundo às custas do plurilinguismo, na Espanha se prega o monolinguismo, pois os espanhóis não respeitam as suas outras línguas minoritárias como o catalão, nem as línguas de seus vizinhos, como o português, por exemplo. Experimente falar português na Espanha! As reações são as piores possíveis!
Edu Constantin

BIENAL DE VENEZA

Pessoal, se eu estivesse numa cozinha e aparecesse um gato, eu não iria estranhar. Mas se esse gato começasse a me contar histórias sobre idéias, possibilidades, mal-entendidos, desejos e a tensão entre o amor e a compreensão intelectual, eu, num primeiro momento, me sentiria levemente alucinado, mas pararia para escutar esse gato humanista. E indagaria se a consciência histórica se manifesta assim tão corriqueira e sub-repticiamente quanto um gato.
Lyndon C. Storch Jr.

DEPORTAÇÃO COLETIVA DE VIETNAMITAS EM BERLIM

Sim, sou a favor da deportação dos vietnamitas e mais, deveriam deportar mais, e de outras nacionalidades também. Tenho pena do que está ocorrendo na Europa e digo isso aqui do "terceiro mundo".
Eduard Kobinger

TOM ENTRE ISRAEL E EUROPA TORNOU-SE MAIS RÍSPIDO
Concordo plenamente, Israel não pode mais continuar enganando o mundo dessa forma. O presidente Obama está disposto a resolver esta questão e a União Europeia deve ajudá-lo.
Francis Santos

A política israelense, arrogante e profundamente desumana, chegou aonde chegou pelo apoio incondicional da América e da Europa em quase sua totalidade. Para não estender o assunto, que é extremamente vasto e nojento, poder-se-ia dizer que esse apoio incondicional antes referido seria não justificável, mas compreensível pelas necessidades estratégicas e políticas do período da Guerra Fria. Mas e depois? Qual a justificativa? O terrorismo, hoje motivo de preocupação de grande parte da humanidade não teria suas origens no desespero de quem nunca foi sequer ouvido? Na minha modesta opinião de homem comum brasileiro, o terrorismo não é causa e sim efeito.
Jose Zilmar D. Ache

VISITA DE OBAMA À ALEMANHA REFLETE OBJETIVIDADE DAS RELAÇÕES

Acho que na entrevista à imprensa, o discurso de Merkel de que não basta guerra mas precisa haver entendimento com a organização dos países africanos e com os governos africanos para lidar com os genocídios que lá ocorrem, é uma resposta nova e instigante para a qual Obama ficou olhando interessado.
Siegfried Fuchs

BIBLIOTECAS ALEMÃS SOFREM EFEITOS DA CRISE

Não posso acreditar que um país como a Alemanha esteja enfrentando problemas com falta de recursos para manter suas bibliotecas. Aqui no Brasil, pelo menos temos isso de bom, há livrarias do governo espalhadas por todos os estados e cidades, e inclusive dentro delas há computadores para os leitores pesquisarem com mais rapidez títulos, autores, etc. Espero que seja somente uma crise passageira e que breve a Alemanha volte a ser um exemplo de leitores e gente cheia de cultura.
Oswaldo de Bittencourt

RAINER WERNER FASSBINDER

Na minha opinião, Fassbinder foi, sem dúvida, um gênio do cinema alemão. Grande falta ele faz para o mundo da arte cinematográfica europeia. Desde Murnau, Wiene, Wenders, Herzog... Fassbinder merece toda a homenagem que os alemães possam depositar em sua memória. Ele foi um gênio criativo, conflitante, provocador, dinâmico, irreverente, enfim, espetacular. Como não poderia deixar de ser, a Alemanha sempre criando, modificando o mundo para melhor. A cultura de construção está na essência germânica. O casamento de Maria Braun, O desespero de Veronica Voss, sem falar de Berlin Alexanderplatz. Para sempre Fassbinder!
Francisco Waitz

Leia mais