Shakira encabeça lista de astros do pop na Copa | Fique informado sobre tudo o que acontece na Copa do Mundo | DW | 08.06.2010
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Shakira encabeça lista de astros do pop na Copa

Cantora colombiana gravou a canção oficial da Copa do Mundo e é a estrela principal do show de abertura. No entanto, artistas sul-africanos acham que o país não está sendo representado e sugerem boicote ao evento.

default

Shakira viajou para a África do Sul com a seleção alemã

A Copa do Mundo está chegando e não são só os fanáticos por futebol que se dirigem à África do Sul. O evento esportivo reúne também músicos conhecidos no mundo inteiro para as festividades de abertura.

Nesta quinta-feira (10/06), haverá um show da cantora colombiana Shakira, que gravou a canção oficial da Copa do Mundo – “Waka Waka (This Time for Africa)” – com o grupo sul-africano Freshlyground.

Os ingressos, que custavam até 1400 rands (140 euros), já estão esgotados há muito tempo. O espetáculo será no Estádio Orlando, no distrito de Soweto, em Joanesburgo, que tem capacidade para 40 mil pessoas.

Amadou und Mariam

A dupla Amadou e Mariam, de Mali

Além de Shakira, estarão presentes no show desta quinta músicos norte-americanos como Black Eyed Peas, Alicia Keys e John Legend, assim como o colombiano Juanes. Também subirão ao palco artistas importantes da África, como Angelique Kidjo, de Benin, The Parlotones, da África do Sul, e Amadou e Mariam, uma dupla de músicos cegos de Mali.

Na sexta-feira, haverá uma cerimônia de abertura do estádio Soccer City, palco do primeiro jogo, entre África do Sul e México. Como será esse espetáculo, porém, é um segredo que a FIFA não vai revelar antes da hora, para que o mundo inteiro possa se surpreender acompanhando ao vivo pela televisão.

Polêmica com os africanos

Desde que a colombiana Shakira foi anunciada como intérprete da canção oficial da Copa do Mundo, em março, alguns artistas africanos protestaram, argumentando que ela deveria ser feita por nativos do continente, já que esta está sendo propagandeada como a Copa da África. Desde então, a FIFA já aumentou de três para sete o número de atrações africanas no evento.

WM 2010 Süd Afrika

Cerimônia de abertura será no Soccer City

Mesmo assim, um sindicato de artistas sul-africanos chamado Trabalhadores Criativos da África do Sul tenta mobilizar um boicote ao show.

“Este não é um evento africano, estamos fazendo um apelo para que as massas fiquem longe desse evento. Não estamos incentivando a violência ou protestos na porta do estádio, apenas queremos que as pessoas se recusem a ir”, disse Oupa Lebogo, secretário-geral da entidade.

Outro argumento de Lebogo é o de que o preço de 450 rands (58 euros) pelo mais barato dos ingressos seria caro demais para o sul-africano médio. “Este valor é maior que o que muitos trabalhadores ganham por semana neste país. Este é um evento elitista, que não foi feito para o povo”, reclamou o dirigente sindical.

O governo, por sua vez, pediu à população que ignore os pedidos de boicote. A renda será revertida para uma instituição de caridade da FIFA que presta assistência de saúde e educação públicas a comunidades pobres em toda a África.

TM/afp/ap
Revisão: Simone Lopes

Leia mais