1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Serviço secreto alemão estaria cooperando com regime sírio

Diário "Bild" afirma que o Serviço Federal de Informações da Alemanha estaria em conversações com a polícia secreta de Assad para trocar informações sobre extremistas islâmicos.

O Serviço Federal de Informações da Alemanha (BND) estaria cooperando com a inteligência do regime de Bashar al-Assad, segundo reportagem publicada nesta sexta-feira (18/12) pelo jornal alemão Bild. As duas agências estariam trocando informações sobre extremistas islâmicos.

Sem revelar sua fonte, o jornal diz que agentes do BND têm viajado regularmente a Damasco para conversações com a mukhabarat, a polícia secreta do regime de Assad.

O BND almejaria a criação de um canal de comunicação com Assad caso um dos aviões alemães em operação no país seja abatido, e o piloto precise ser resgatado. Além disso, a agência alemã de inteligência deseja abrir um escritório na embaixada no país.

O BND não se pronunciou sobre a reportagem do Bild.

Há duas semanas, o

Parlamento alemão aprovou o apoio das Forças Armadas do país às missões realizadas pela coalizão internacional

contra os extremistas do "Estado Islâmico" (EI) na Síria.

Aviões militares de reconhecimento e reabastecimento foram enviados à base militar de Incirlik na Turquia para apoiar a coalizão internacional. Além disso, 1.200 soldados deverão participar da missão de apoio.

Meios de comunicação alemães chamaram esta de a "primeira guerra" da chanceler federal Angela Merkel, e destacaram os riscos dos pilotos alemães serem abatidos sobre o território ocupado pelo EI.

A ministra alemã da Defesa, Ursula von der Leyen, sugeriu recentemente que Berlim poderia iniciar uma cooperação limitada com Damasco, no intuito de derrotar os jihadistas.

RC/afp/rtr

Leia mais