1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Serra Leoa confina 2,5 milhões de pessoas para combater ebola

Governo determina que moradores de áreas mais afetadas fiquem três dias em casa, a fim de evitar propagação do vírus e controlar a doença antes do período de chuvas. Mortos na África Ocidental passam de 10,2 mil.

O governo de Serra Leoa determinou nesta quinta-feira (19/03) que 2,5 milhões moradores das principais áreas afetadas pelo ebola – na capital, no norte e oeste do país – fiquem confinadas em casa durante três dias para evitar a propagação do vírus.

Segundo o diretor do Centro Nacional de Luta contra o Ebola, Palo Conteh, o confinamento acontecerá entre os dias 27 e 29 de março e será semelhante ao realizado em setembro passado, em todo o país.

A resolução foi anunciada depois que a Organização Mundial da Saúde (OMS) confirmou, na quarta-feira, que o número de mortes pelo vírus desde o início do surto, em dezembro de 2013, já chegou a 10,2 mil nos três países da África Ocidental mais afetados – Serra Leoa, Guiné e Libéria. Mais de 24,3 mil pessoas foram contaminadas.

Em Serra Leoa, o ebola matou 3,7 mil até agora. Na Líbéria foram registradas 4,2 mil mortes. Outras 2,2 mil ocorreram na Guiné.

O número de casos, no entanto, vem diminuindo nos últimos meses, apesar de um pico registrado na Guiné recentemente ter voltado a soar o alerta para reforço das medidas preventivas.

"Se não controlarmos isso agora, antes do período de chuvas, será um show de horrores. Muita gente ainda não segue as regras básicas", disse um agente de saúde de Serra Leoa que pediu para não ser identificado. O período de chuvas começa em maio.

Segundo a OMS, a luta contra o vírus poderá ficar bastante complicada quando as primeiras fortes chuvas caírem, pois elas acabam impedindo o acesso a várias áreas afetadas.

Um estudo do Banco Mundial estima que, até ao final deste ano, os países mais atingidos pelo vírus sofrerão um impacto financeiro de 26 bilhões de euros.

O vírus do ebola é transmitido por contato direto com o sangue, secreções ou fluidos corporais de pessoas infectadas. Ainda não existe tratamento para a doença, nem vacina certificada.

MSB/rtr/lusa

Leia mais