1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Seqüência de frentes chuvosas não pára

Não há previsão de melhora do tempo na Alemanha. Desde a última quinta-feira, a zona de baixa pressão Hanne está praticamente estacionada sobre o Canal da Mancha atraindo ar úmido do Mediterrâneo. O resultado é uma frente de chuva atrás da outra circulando a seu redor, passando sobre a Alemanha. Entre uma e outra, o sol aparece rapidamente e as temperaturas máximas variam entre 19 e 26 graus.

Ao meio-dia desta terça-feira, eram as seguinte as condições meteorológicas nas principais cidades alemãs:

  • Hamburgo e Berlim: 21 graus, com nuvens
  • Dresden e Frankfurt: 22 graus, céu limpo
  • Colônia: 19 graus, forte nebulosidade
  • Munique: 18 graus, encoberto

    Na noite de segunda para terça, a intensidade da chuva no norte alemão voltou a provocar alagamento de ruas e porões. Em Bergen, na Baixa Saxônia, caíram 66 litros por metro quadrado em 12 horas. Com apenas cinco litros, Hamburgo foi poupada até agora de inundações.

    Na noite para quarta-feira, deve chover forte de novo no norte, mas também em todo o sul, onde já na tarde desta terça chega uma nova frente. Nos Alpes, o temporal deve ser acompanhado de raios e trovões e há risco de transbordamento de rios. Ao longo da quarta-feira, a frente sobe em direção ao norte, mas enfraquecida. O céu deve ter mais nuvens do que sol, mas a chuva se resumirá a pancadas, com os termômetros subindo até 25 graus em Berlim e na região do Meno/Reno – na região pré-alpina, não chegarão, entretanto, aos 20.

    Do outro lado dos Alpes – O temporal que chega ao sul da Alemanha causou sérios estragos no norte da Itália. A chuva de granizo destruiu quase um terço dos parreirais, o que deve prejudicar seriamente a safra de vinho dos Alpes italianos. Também as colheitas de frutas e azeitonas serão afetadas. Muitos turistas abandonaram a região. Houve dezenas de machucados pelas pedras de gelo, algumas do tamanho de pêssegos e com peso de até 700 gramas. Enquanto isto, na Grécia os termômetros registram desde segunda-feira até 40 graus, sob sol escaldante.