1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Separatistas pró-Rússia ocupam prédios em mais uma cidade da Ucrânia

Rebeldes ocuparam prédios administrativos e da polícia em Horlivka, a 40 quilômetros de Donetsk. Presidente da Ucrânia diz que Forças Armadas estão em alerta total.

Cerca de 20 ativistas pró-russos fortemente armados e vestindo uniformes militares sem identificação tomaram nesta quarta-feira (30/04) o controle de prédios da administração local e da polícia na cidade de Horlivka, no sudeste da Ucrânia, elevando o controle dos separatistas sobre a região industrial de Donbas, no leste do país.

Grupos separatistas já haviam bloqueado a sede da polícia no início de abril, mas nesta quarta-feira tomaram efetivamente o controle da divisão policial e dos prédios administrativos, declarou um oficial à agência de notícias Reuters.

Horlivka, com cerca de 300 mil habitantes, encontra-se 40 quilômetros ao norte de Donetsk, cidade onde separatistas falantes do russo declararam uma "República Popular" e planejam um referendo sobre a secessão em 11 de maio.

Cidades da região de Donbas – uma área rica em carvão e ferro na fronteira com a Rússia, onde as fundições de aço são responsáveis por cerca de um terço da produção industrial da Ucrânia – têm sido ocupadas por rebeldes pró-Rússia desde 6 de abril. Nesta terça-feira, a cidade de Lugansk também caiu nas mãos dos separatistas.

Diante dos novos acontecimentos, o presidente interino da Ucrânia, Oleksandr Turtchinov, afirmou que as Forças Armadas do país estão em "alerta total" para uma possível invasão das tropas da Rússia estacionadas junto à fronteira. "As nossas Forças Armadas estão em alerta de combate total", disse. "A ameaça de a Rússia iniciar uma guerra contra a Ucrânia continental é real", acrescentou.

RCC/rtr/lusa/ap/rtrd

Leia mais