1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Separatistas pró-Rússia apontam avanço em conversas de paz com Ucrânia

Após longa reunião em Minsk, partes teriam concordado sobre troca de prisioneiros. Outros pontos, como o cessar-fogo duradouro, vão ser negociados por teleconferências, que devem se estender até final de semana.

Nas negociações de paz entre o governo da Ucrânia e os rebeldes separatistas, foi obtido um avanço, de acordo com os insurgentes, a respeito da troca de prisioneiros. Outros pontos, como o cessar-fogo duradouro, o não uso de armas pesadas e o fornecimento de ajuda humanitária ao leste da Ucrânia, ainda estão em aberto, segundo informações divulgadas nesta quinta-feira (25/12) pelo líder separatista Alexander Zakharchenko.

Após cinco horas de reunião, as repúblicas autoproclamadas de Donetsk e Lugansk afirmaram que estão dispostas a trocar 150 membros das forças de segurança ucranianas por 225 separatistas presos. Na sexta-feira deverá haver outro encontro entre as partes também em Minsk, capital de Belarus.

O líder separatista disse, ainda, que o processo de discussão está sendo "muito difícil" e que agora vai envolver consultas por meio de teleconferências pela internet, que devem se estender até o final de semana. O encontro teve a participação de representantes do governo russo e da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE).

Os rebeldes querem que o governo em Kiev suspenda o bloqueio econômico imposto sobre o leste da Ucrânia. As duas partes reivindicam o controle sobre o aeroporto de Donetsk, que é de importância estratégica na região. Zakharchenko acusou o governo ucraniano de estar preparando uma guerra. Já Kiev deseja recuperar o controle das regiões separatistas de Donetsk e Lugansk.

FC/dpa/afp

Leia mais