SENTENÇA CONTRA INTELECTUAL É SINAL DE PEQUIM AO MUNDO | Escreva sua opinião, comentários, críticas ou sugestões | DW | 31.12.2009
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Sua Opinião

SENTENÇA CONTRA INTELECTUAL É SINAL DE PEQUIM AO MUNDO

Direitos humanos na China, debate sobre o filósofo Heidegger e terrorismo internacional foram os temas comentados esta semana por nossos leitores. Não deixe de ler!

default

A partir desta data e até que a democracia se instale efetivamente na China, eu e meus familiares partiremos para um protesto, deixando de consumir produtos chineses. Partiremos para uma campanha em nossas redes sociais pedindo a adesão nessa campanha humanitária. A internet no mundo fora da China se encarregará do resto. Deixando de vender para o exterior, eles, do PC chinês, inevitavelmente terão que rever suas posições e partir para a democracia. Senão sua economia poderá passar por dificuldades! Paulo Paschoal Junior

A condenação de Liu Xiaobo foi realmente para intimidar o povo chinês. Resta saber se as potências mundiais também ficarão intimidadas com isso. Não é hora de se calar. O mundo democrático tem que sinalizar que isso é um barbarismo que não se pode aceitar de maneira alguma. O que fazer?
Tiago Carvalho

O governo chinês não entende ou não quer saber de argumentos racionais. A única coisa que entendem é o poder do dinheiro. Um boicote econômico mundial à China seria a única linguagem possível. Carolina Santana

EXECUÇÃO DE BRITÂNICO NA CHINA GERA TENSÃO DIPLOMÁTICA

É no mínimo curioso o fato de a crítica internacional se preocupar com países como a Venezuela e o Irã, com tanta repulsa, sempre os ameaçando e inclusive, a esse último, até já implementaram embargos econômicos. No entanto, parece que a China é até um país simpático, do qual os líderes mundiais se intimidam em apontar o dedo. Simpatia sustentada pela conveniência de ter um gigante econômico do qual todos querem ser "amigos", pois as atrocidades que lá acontecem, realmente, não têm a importância que têm no Irã.
Eden Carneiro Costa

LIVRO REAQUECE DEBATE SOBRE LIGAÇÃO DO HEIDEGGER COM O NAZISMO

Gente, se Heidegger fosse mau filósofo, ninguém perguntaria se ele foi pró Führer, Duce, Tzar ou Lenin. Mas foi um grande filósofo. Talvez ele tenha de ser questionado como cidadão, nunca como filósofo. Pelo simples fato de que há um vão lógico entre teoria e prática. Qualquer ciência tem a sua parte teórica e sua parte prática. A filosofia também. A filosofia de Heidegger é teoria, contemplação. Eu a estudei em Porto Alegre. Sei do que estou falando. John Ford, era cineasta, grande criador. Pessoalmente, era de extrema direita. Talvez seus filmes retratem suas opiniões "filosóficas". Mas ele foi um grande cineasta. Penso o mesmo de um filósofo! Heidegger escreveu uma grande filosofia. A propósito, minha paixão na universidade era Wittgenstein!
Antonio Rodrigues

Heidegger era nazista mesmo. Depois da Guerra escreveu um livro sobre humanismo. Mas não disse uma palavra sobre sua participação e ligação com o nazismo. Ele se calou sobre isso!
Remover livros de bibliotecas não o defenderia, pois é típico de um pensamento autoritário. Temos de ter a liberdade de ler o que quisermos e de aprender a ler criticamente. Ninguém está livre de ser criticado.
Siegfried Fuchs

Por que não conseguem separar a obra do homem? Devemos, ou queremos renunciar à obra de Wagner porque ele era simpatizante de Hitler? Sempre por trás das grandes obras estão também grandes seres humanos? Creio que não!
Luiz Delgado

SEGURANÇA CONTRA TERRORISMO AÉREO É FICÇÃO


Tem lógica o comentário. É humanamente impossível revistar pessoa a pessoa nos aeroportos e nem todo explosivo é descoberto por meios eletrônicos, com se viu nesse caso. Porém, o nigeriano já era fichado como suspeito de ser uma ameaça aos Estados Unidos. Houve um relaxamento na verificação da identidade do africano.
Walter Dworak Filho



Leia mais