1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Sem Zidane, França vence e se classifica para as oitavas

Seleção francesa dominou a partida contra a equipe de Togo e garantiu a segunda vaga do grupo G com gols de Vieira e Henry. Time não sentiu a falta de Zidane.

default

Franceses comemoram o primeiro gol da partida, de Vieira, no início do segundo tempo

Mesmo sem o astro Zinedine Zidane, suspenso por ter levado dois cartões amarelos, os franceses não tiveram dificuldades para superar a fraca seleção de Togo, que entrou em campo já eliminada do torneio. Com a vitória, a França obteve o segundo lugar no grupo G e enfrentará a Espanha nas oitavas-de-final.

Os franceses dominaram a partida do início ao fim. A equipe africana não teve nenhuma chance clara de gol em 90 minutos de jogo. Apesar da clara superioridade francesa, o time de Henry e Trezeguet não conseguia chegar ao gol e perdeu inúmeras chances na primeira etapa.

Logo aos sete minutos, Ribéry cruzou para a área e Trezeguet cabeceou para o gol. O goleiro Agassa fez ótima defesa. Aos 13 minutos, o juiz anulou um gol de Trezeguet, que recebeu passe de Henry. Aos 14 minutos, foi a vez de Malouda arriscar um chute de longe e Agassa fazer outra excelente defesa.

Aos 21 minutos, Ribéry recebeu passe na área, driblou um zagueiro e passou para Trezeguet, na marca do pênalti. Ele chutou fraco e o goleiro defendeu. Aos 22 minutos, Silvestre cruzou para a área e a defesa africana afastou. O próprio Silvestre pegou o rebote e chutou para nova defesa do goleiro de Togo. Aos 28 minutos, Ribéry recebeu livre dentro da área e chutou para fora. O francês perdeu o primeiro gol feito do jogo.

Aos 39 minutos, Trezeguet perdeu um gol de forma inacreditável. Malouda chutou forte, de fora da área, e Agassa fez excelente defesa. A bola sobrou para Trezeguet, de frente para o gol. Ele chutou e Agassa fez outra defesa incrível, desta vez em dois tempos.

O primeiro gol francês saiu apenas aos 10 minutos do segundo tempo. Ribéry fez uma boa jogada, entrou driblando na área e passou para Vieira, que, de costas para o gol, girou o corpo e chutou forte, sem chances para o goleiro.

Aos 15 minutos saiu o segundo gol. Sagnol lançou a bola na área e Vieira, de costas, ajeitou de cabeça para Henry, que, mesmo marcado, chutou forte para o gol, da marca do pênalti, no canto direito.

Com o gol, a França passou a administrar a partida. Togo não teve nenhuma clara oportunidade de gol e mostrou não ter condições de virar o placar.

Togo
Agassa - Tchangai, Abalo, Nibombé e Forson - Sènaya, Aziawonou, Maman (Olufadé) e Salifou - Kader e Adebayor (Dossèvi)
Técnico : Otto Pfister

França
Barthez - Sagnol, Thuram, Gallas e Silvestre – Ribéry (Govou), Vieira (Diarra), Makelele e Malouda (Wiltord) - Trezeguet e Henry
Técnico : Raymond Domenech

Local : Estádio da Copa em Colônia
Árbitro : Jorge Larrionda (Uruguai)
Auxiliares : W. Rial e P. Fandino (Uruguai)
Cartões amarelos : Aziawonou, Maman e Salifou (Togo) e Makelele (França)
Gols : Vieira, aos 10 minutos do segundo tempo, e Henry, aos 15 minutos do segundo tempo.

Leia mais