1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futebol

Sem Ronaldinho, Felipão convoca seleção para Copa das Confederações

Técnico deixa meia do Atlético Mineiro de fora e cobra apoio da torcida durante o torneio, que começa em 15 de junho. Entre os pontos controversos da lista, a ausência de Kaká e a convocação do jovem Bernard.

O técnico Luiz Felipe Scolari anunciou nesta terça-feira (14/05) os 23 jogadores que representarão a seleção brasileira na Copa das Confederações. Entre as principais surpresas, as ausências de Ronaldinho Gaúcho e Kaká e a convocação do jovem meia Bernard, do Atlético Mineiro.

O torneio é considerado – tanto para a organização do evento quanto para a seleção brasileira – um ensaio para a Copa do Mundo. Em 2010, por exemplo, o então técnico Dunga levou 18 dos 23 jogadores que convocara para a Copa das Confederações. Quatro anos antes, seu antecessor, o hoje coordenador-técnico da seleção, Carlos Alberto Parreira, usou 15.

"Muitas vezes a gente é contestado pela escolha de um determinado jogador", disse Felipão, ao lado de Parreira. "Quando faço minhas opções, analiso quem é que posso ganhar e quem é que eu posso perder e faço as minhas escolhas. Se não der certo, o pau vai comer, eu sei disso. Mas não adianta tentar agradar um ou outro."

Ronaldinho Gaúcho havia sido chamado em três das cinco convocações até agora – duas delas com o time completo e duas nas que incluíram apenas atletas que atuam no futebol brasileiro. Outras ausências comentadas foram a do meia Ramires, do Chelsea, e do atacante Alexandre Pato, do Corinthians.

Retrospecto desfavorável

O Brasil fez até agora cinco jogos sob o comando de Felipão. Perdeu para a Inglaterra na estreia (2 a 1); empatou com Itália (2 a 2), Rússia (1 a 1) e Chile (2 a 2); e venceu a Bolívia (4 a 0). Independentemente dos resultados, o presidente da CBF, José Maria Marín, garante que o técnico será mantido até a Copa do Mundo.

"Espero que, a partir de agora, independente de quem torce para A ou B, de quem for o escolhido ou o preterido, que nós possamos neste mês de junho em todo o Brasil nos unir pela nossa seleção", disse o técnico.

A preparação para a Copa das Confederações começa já neste mês. Os jogadores deverão se apresentar no próximo dia 27, segunda-feira, no Rio de Janeiro. A base da seleção na preparação para o torneio, que começa em 15 de abril, será em Goiânia – que não receberá partidas, mas é próxima a Brasília, local da estreia.

A estreia da seleção na Copa das Confederações será contra o Japão, em 15 de junho, no Estádio Nacional de Brasília. O segundo adversário será o México, quatro dias depois, no Castelão, em Fortaleza. O último jogo da fase de classificação será contra a Itália, no dia 22, na Fonte Nova, em Salvador.

Antes do início do torneio, o Brasil fará ainda dois amistosos – contra a Inglaterra, em 2 de junho no Maracanã, e contra a França, no dia 9 em Porto Alegre.

Confira a lista:

Goleiros

Julio César (Queens Park Ranger, Inglaterra)

Jefferson (Botafogo)

Diego Cavalieri (Fluminense)

Zagueiros

David Luiz (Chelsea, Inglaterra)

Thiago Silva (Paris Saint-German, França)

Dante (Bayern de Munique, Alemanha)

Réver (Atlético Mineiro)

Laterais-direitos

Daniel Alves (Barcelona, Espanha)

Jean (Fluminense)

Laterais-esquerdos

Marcelo (Real Madrid, Espanha)

Filipe Luis (Atlético de Madrid, Espanha)

Volantes

Paulinho (Corinthians)

Luiz Gustavo (Bayern de Munique, Alemanha)

Fernando (Grêmio)

Hernanes (Lazio, Itália)

Meias

Oscar (Chelsea, Inglaterra)

Jadson (São Paulo)

Bernard (Atlético Mineiro)

Lucas (Paris Saint-German, França)

Atacantes

Hulk (Zenit, Rússia)

Neymar (Santos)

Fred (Fluminense)

Leandro Damião (Internacional)

Leia mais