1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Jogos Olímpicos

Seleção brasileira de futebol masculino inicia a "missão ouro olímpico"

Neymar e companhia começam nesta quinta-feira a batalha pelo único título que falta na galeria da seleção mais vitoriosa do futebol mundial: o ouro olímpico.

É já nesta quinta-feira (26/07) que a seleção brasileira de futebol masculino fará a sua estreia nos Jogos Olímpicos de Londres, em busca da inédita medalha de ouro. A equipe enfrentará o Egito, às 15h45 (horário de Brasília), em Cardiff, no País de Gales.

A escalação do grupo tem como destaques o meia Sandro (Tottenham), o zagueiro Thiago Silva (Milan), o lateral Marcelo (Real Madrid), os atacantes Leandro Damião (Internacional) e Hulk (Porto) e, claro, o atacante Neymar (Santos), tratado como a estrela da seleção.

A responsabilidade por essa vitória olímpica, o único título que falta para a seleção pentacampeã mundial, aumenta a cobrança sobre o técnico Mano Menezes e sua equipe.

"A seleção vai pensando em vencer, logicamente, até pela responsabilidade que temos. Mas você não vence por decreto. Estamos trabalhando para isso, mas sabendo que os nossos adversários também estão", afirmou o técnico.

Mais otimista estava o atacante Huck. "Tenho a certeza que, com esse grupo que a gente tem, vamos chegar lá e ser campeões", afirmou.

Bildergalerie Brasilianische Sportler Olympischen Sommerspiele 2012

Thiago Silva domina a bola durante um treino da seleção

A seleção brasileira é a favorita do Grupo C e enfrentará Belarus no domingo, e a Nova Zelândia na próxima quarta-feira. E o time começou bem, ganhando o seu primeiro amistoso contra a Grã-Bretanha por 2 a 0, na sexta-feira passada, em Middlesbrough.

Como anfitriões da Copa das Confederações, em 2013, e da Copa do Mundo de 2014, os brasileiros estão confiantes que uma medalha de ouro em Londres seja um bom presságio para o triunfo nas competições em casa.

Os jogadores sabem da importância de uma boa apresentação nos Jogos Olímpicos, visando uma convocação para os próximos torneios. "Se a gente fizer uma boa campanha nas Olimpíadas e trouxer o ouro, que é o nosso objetivo, acho que é um grande salto, sim, para estarmos na Copa do Mundo", afirmou Marcelo.

E a Seleção Canarinho terá que se esforçar, pois até agora o desempenho em Jogos Olímpicos foi suficiente "apenas" para duas medalhas de prata (em 1984 e em 1988) e duas medalhas de bronze (em 1996 e em 2008).

Autor: Antônio Netto
Revisão: Alexandre Schossler

Leia mais