1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Seleção alemã troca dois antes de embarcar para o Japão

A renúncia surpreendente de Jörg Heinrich e a interminável série de contusões de Sebastian Deisler fizeram o técnico Rudi Völler rever inteiramente os seus planos para a Copa do Mundo.

default

Por seu temperamento intempestivo, Böhme não havia sido convocado inicialmente

Lars Ricken e Jörg Böhme são os dois novos nomes da lista dos jogadores convocados pelo técnico alemão Rudi Völler, para a Copa do Mundo na Coréia do Sul e Japão. Os dois já não acreditavam mais na chance de integrar a seleção da Alemanha, mas foram beneficiados pela contusão de Sebastian Deisler, durante o amistoso contra a Áustria no último sábado (18), assim como pela surpreendente renúncia de Jörg Heinrich.

Considerado "pau para toda obra" dentro do esquema preparado por Rudi Völler, o defensor Heinrich fez uma severa autocrítica depois dos jogos amistosos do selecionado alemão, considerando fraca a própria atuação. Heinrich: "Tenho de confessar que, com a minha forma física atual, não posso dar nenhuma ajuda ao nosso selecionado nacional. Não foi fácil tomar esta decisão e espero que a minha justificativa franca seja bem aceita."

Como substituto para Heinrich, Völler escolheu Jörg Böhme (Schalke 04), que já tinha feito parte do plantel da DFB e fora cortado em virtude das suas atitudes imprevisíveis em campo. Böhme, que não escondera a sua decepção ao não ser chamado inicialmente, manifestou-se satisfeito pela obtenção da nova chance.

Para a vaga aberta com a contusão de Deisler, Rudi Völler escolheu Lars Ricken (Borussia Dortmund). Juntamente com Frank Baumann (em substituição a Christian Wörns) e Jörg Böhme, Ricken é o terceiro convocado a posteriori.

O técnico do selecionado alemão enfrenta até no último minuto enormes problemas com a formação da sua equipe. Entre aqueles que pretendia levar ao Japão, Völler perdeu seis: Scholl, Novotny, Wörns, Zickler, Deisler e Heinrich. Dificuldades semelhantes jamais foram enfrentadas às vésperas de uma Copa do Mundo, por nenhum dos antecessores de Rudi Völler.

O plantel completo da Alemanha

Goleiros:

  • Jörg Butt (Bayer Leverkusen)
  • Oliver Kahn (Bayern de Munique)
  • Jens Lehmann (Borussia Dortmund)

    Defesa:

    • Frank Baumann (Werder Bremen)
    • Sebastian Kehl (Borussia Dortmund)
    • Thomas Linke (Bayern de Munique)
    • Christoph Metzelder (Borussia Dortmund)
    • Marko Rehmer (Hertha Berlim)
    • Christian Ziege (Tottenham Hotspur)

      Meio de campo:

      • Michael Ballack (Bayer Leverkusen)
      • Jörg Böhme (Schalke 04)
      • Torsten Frings (Werder Bremen)
      • Dietmar Hamann (FC Liverpool)
      • Jens Jeremies (Bayern de Munique)
      • Carsten Ramelow (Bayer Leverkusen)
      • Lars Ricken (Borussia Dortmund)
      • Bernd Schneider (Bayer Leverkusen)

        Ataque:

        • Gerald Asamoah (Schalke 04)
        • Oliver Bierhoff (AS Monaco)
        • Marco Bode (Werder Bremen)
        • Carsten Jancker (Bayern de Munique)
        • Miroslav Klose (Kaiserslautern)
        • Oliver Neuville (Bayer Leverkusen)

Leia mais