1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Seleção alemã dá vexame na Turquia

Equipe anfitriã da Copa 2006 perde por 2 a 1 para Turquia, que estava com o pensamento nas Eliminatórias. Gols da vitória turca foram marcados por jogadores da Bundesliga.

default

Jogadores turcos festejam vitória de 2 a 1 sobre a Alemanha

Oito meses antes da Copa 2006, a seleção alemã parece cada vez mais distante da forma necessária para disputar o Mundial em casa. Diante de apenas 18 mil torcedores no Estádio Olímpico de Istambul (com capacidade para 80 mil), a perdeu de 2 a 1 para a Turquia, em amistoso disputado neste sábado (08/10).

Dois jogadores da Bundesliga – Halil Altintop (Kaiserslautern) e Sahin (Borussia Dortmund) – marcaram os gols da merecida vitória turca. Além de Halil e Sahin, outros três jogadores do Campeonato Alemão atuaram no time da Turquia: Hamit Altintop (Schalke), Bastürk (Hertha Berlim) e Alpay (Colônia).

Foi a vigésima partida da era Jürgen Klinsmann, que colecionou sua quarta derrota. Sobram-lhe cinco amistosos para definir a equipe que disputará a Copa 2006. O jogo em Istambul mostrou que ele ainda tem muito trabalho pela frente. "Principalmente no primeiro tempo, não funcionou nada", resumiu.

O Jogo

BdT: Fußball Türkei - Deutschland, 2:1

Podolski não teve muitas chances contra a robusta zaga turca

Sem Ballack, a Alemanha esteve anos-luz distante do jogo ofensivo exigido pelo técnico Jürgen Klinsmann e mostrou fragilidade em todos os setores. No fraco primeiro tempo, o meio-campo só ganhou uma coisa: um cartão amarelo para Frings.

A zaga deu continuidade à atuação caótica dos últimos jogos. Até os 20 minutos, a Turquia já tinha tido quatro chances para abrir o placar, a primeira delas depois de uma bola atrasada por Owomoyela. Inclusive a trave ajudou os alemães a não tomarem o primeiro gol, quando Tümer mandou uma bomba no travessão.

Aos 25 minutos, Halil Altintop pegou o rebote de um chute de Tümer no poste e mandou para o fundo das redes, sem chances para o goleiro Kahn. Na seqüência, o capitão Kahn, em seu 82º jogo pela seleção, tentou empurrar seu time para frente. Ele próprio chegou a avançar até o meio-campo para xingar o ataque, que parecia incapaz de acertar um passe.

A primeira tentativa de igualar o marcador partiu de um chute de Podolski, da entrada da área, aos 41 min, mas o goleiro Volkan mandou para a linha de fundo. O resultado justo para o primeiro tempo - na avaliação de Franz Beckenbauer – teria sido 3 a 1 para a Turquia.

Segundo tempo

Fußball Freundschaftsspiel Türkei - Deutschland (2:1), 2. Tor durch Sahin

Nuri Sahin (20), do Borussia Dortmund, estreou na seleção turca, marcando gol contra a Alemanha

A Alemanha voltou a campo com Deisler (no lugar de Frings) e Neville (no lugar de Kuranyi), que deveriam fortalecer o ataque. A Turquia poupou Bastürk e Altintop para o jogo decisivo pelas Eliminatórias, na quarta-feira, contra a Albânia, em Tirana.

Como os turcos puxaram o freio de mão, a partida tornou-se mais equilibrada, mas o nível também caiu. Com Deisler movimentando-se mais no meio-campo, aos 14 min, a Alemanha até armou uma jogada de ataque, mas Schneider chutou por cima do gol.

No fim de um jogo monótono, aos 44 minutos da segunda etapa, o estreante Nuri Sahin ainda marcou o 2 a 0 para a Turquia. O gol de honra de Neuville para a Alemanha, nos acréscimos, teve apenas efeito cosmético no resultado. A próxima chance para uma reabilitação dos alemães é o amistoso da próxima quarta-feira (12/10), contra a China, em Hamburgo.

TURQUIA 2 x 1 ALEMANHA

Alemanha : Kahn; Owomoyela, Mertesacker, Sinkiewicz, Jansen; Schneider, Frings (Deisler), Borowski (Hanke), Schweinsteiger (Hitzlsperger); Podolski, Kuranyi (Neuville).
Técnico : Jürgen Klinsmann

Turquia : Volkan; Hamit Altintop, Alpay, Toraman, Özat (Akin); Selcuk Sahin (Nuri Sahin, Hüseyin, Bastürk (Ergün, Tümer (Necati); Halil Altintop (Serkan), Nihat (Serhat).
Técnico : Fatih Terim

Data: 08/10/2005

Local: Estádio Olímpico, em Istambul
Árbitro: Domenico Messina (Itália)

Cartões amarelos: Frings (A); Volkan (T), Hüseyn (T)
Gols : Halil Altintop (T), aos 25min do 1T; Nuri Sahin (T), aos 44 min do 2T; Neuville (A), nos acréscimos.

Leia mais