1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Segurança, um setor em constante crescimento

Reunidos em Essen para participar da feira Security, fabricantes de produtos de segurança provenientes de 39 países exibem as últimas novidades e comemoram o crescimento das vendas.

default

Aparelho de identificação digital, um dos equipamentos exibidos na feira

A feira internacional Security é tida como o ponto de encontro dos especialistas em segurança de todo o mundo. Até o dia 8 de outubro, mais de 900 expositores provenientes de 39 países, inclusive o Brasil, exibem na cidade de Essen as novidades de um setor que sempre passou ao largo das crises financeiras.

Na Alemanha, por exemplo, o setor de segurança faturou, em 2003, cerca de 9,5 bilhões de euros, ou seja, 3% a mais do que no ano anterior. Boa parte desde montante, aproximadamente 4 bilhões de euros, foi gerada pelos segmentos de vigilância e prestação de serviços. Neles o crescimento foi ainda mais expressivo, chegando a 8%.

O setor de segurança eletrotécnica segue de vento em popa. Somente os fabricantes de alarmes contra incêndio registraram no último ano um crescimento de 15%, graças, especialmente, aos proprietários particulares de imóveis. Estima-se que, preocupados com a possibilidade de fogo em seus lares, eles tenham contribuído com pelo menos metade do lucro de 850 milhões de euros deste segmento.

Biometria a serviço da segurança

O interesse pelos equipamentos de controle biométrico também continua em alta. Especialmente nos lugares onde uma pessoa precisa provar ser ela mesma, esses equipamentos são cada vez mais requisitados. O mercado é amplo e inclui desde aeroportos, empresas e repartições públicas até mesmo domicílios mais abastados.

Algumas firmas alemãs já adotaram este tipo de tecnologia, que possui muitas variantes. Uma delas, bastante curiosa, permite que o funcionário entre pelo portão eletrônico mostrando, ao invés do convencional crachá, seu punho.

Sucesso que garante lucro

Tudo graças à descoberta de que o desenho formado pelas veias na mão é tão pessoal e único quanto a impressão digital, a íris e a face, e pode, portanto, ser usado como meio seguro de identificação. Os fabricantes destes tipos de equipamentos estão confiantes: este ainda é um mercado em expansão.

Os testes que estão sendo realizados com um scanner de leitura da íris no aeroporto de Frankfurt apontam para o futuro dos sistemas de identificação. Caso a União Européia realmente aprove a introdução de passaportes com dados biométricos, o setor terá mais um lucrativo filão para explorar.

Segurança não sai de moda

A segurança nunca deixou de ser importante, ainda mais nos dias de hoje. A preocupação com o patrimônio não atinge apenas as grandes empresas. De acordo com dados da polícia alemã, ocorreram 123 mil arrombamentos no país em 2003, provocando perdas no valor total de 622 milhões de euros. Não é à toa que o comércio de fechaduras e sistemas de segurança doméstica se mantém estável no país.

A feira em Essen exibe desde os mais simples até os mais sofisticados e inovadores equipamentos de segurança. Como um scanner do tamanho de um aspirador de pó portátil. Com este aparelho, uma precavida secretária pode, antes de uma sigilosa reunião de chefia, rastrear a sala de conferência em busca de aparelhos de escuta que podem ter sido escondidos no local pela concorrência. Na Security, segurança é isso e muito mais.

Leia mais