1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Segurança em meio ao caos

Uma coisa é certa: o próximo vírus eletrônico virá mais cedo ou mais tarde. Os especialistas conhecem os problemas de segurança da internet há anos. Mas muitas firmas nada fazem para se proteger.

default

Vírus eletrônicos, como "I Love You", provocam enormes prejuízos

É só digitar o número do cartão de crédito e dar um clique com o mouse. Imediatamente, os dados correm em enorme velocidade através da rede internacional de computadores, por cabos telefônicos subterrâneos, cortando cidades e oceanos, passando pelos nós e servidores da rede – até o micro destinatário final.

Seu caminho exato é imprevisível. Os dados correm sempre pelas conexões que estiverem desocupadas no momento. As relações dentro da rede eletrônica são caóticas. Ainda assim, os hackers sempre conseguem acessar dados, buscando lucros indevidos às custas de outros.

Possibilidades ilimitadas

Com a utilização crescente da internet, torna-se cada vez mais importante uma ampla proteção para os usuários. Esta é uma opinião consensual entre os participantes do 8º Congresso Alemão de Segurança na Tecnologia da Informação, realizado em Bonn. Os peritos representam os setores econômico, de pesquisas e de administração da Alemanha.

Quando surgiu a internet na sua forma atual, no final dos anos 80, ela estava planejada sobretudo para o intercâmbio de informações entre pesquisadores. Entretanto, já não existe praticamente nenhum limite para a sua utilização.

Também as administrações públicas há muito já tiram proveito da rede mundial de computadores. Na Alemanha, cerca de 190 tipos de prestação de serviços do governo federal já são oferecidos pela internet. Até 2005, esse número subirá para 400. O faturamento do setor de e-commerce, isto é, de comércio através da internet, chegou a quase 48 bilhões de dólares na Alemanha, no ano passado.

A metade das empresas já foi atacada

As chances oferecidas pela internet são enormes, mas também os riscos. Segundo diversos estudos, as empresas que sofreram ataques de vírus eletrônicos tiveram prejuízos avaliados entre 50 mil e 2 milhões de euros. Na verdade, um motivo palpável para que se faça investimento em medidas de segurança.

Willi Berchtold, representante da Federação das Empresas de Informática, Telecomunicação e Novas Mídias (Bitkom), afirma entretanto que muitas firmas subestimam os riscos da rede e adotam poucas medidas preventivas. Apesar de que a metade das empresas alemãs já ter sofrido ataques através de vírus eletrônicos, apenas um terço delas possui um sistema eficiente de proteção dos seus computadores.

Até agora, as medidas adotadas limitam-se à instalação de barreiras digitais ( firewalls) e de programas antivírus. Mas as tecnologias em que se baseiam os fluxos de informação da rede desenvolvem-se continuamente. E as medidas de segurança têm de acompanhar tal desenvolvimento, a fim de que cumpram realmente o seu propósito. Segundo Willi Berchtold, no entanto, a maioria das empresas teme os altos custos de uma técnica eficiente de segurança.

Mercado em expansão

Mesmo que as empresas ainda não invistam o suficiente no setor, é grande a perspectiva de expansão do mercado de segurança na TI, em futuro próximo. Já no ano passado, foram aplicados mais de 9 bilhões de euros no setor em toda a Europa ocidental. O prognóstico para 2005 é de uma duplicação desse valor. Isto significa uma grande chance para as empresas alemãs de TI, pois elas lideram o know-how de segurança na rede.

Apesar de tudo, uma segurança absoluta não poderá ser atingida jamais. No passado, os hackers demonstraram inúmeras vezes que, mais cedo ou mais tarde, o mais seguro dos sistemas pode ser violado. Para as empresas, só resta uma solução: investir sempre nos recursos mais atuais de proteção para as suas redes de computadores.

Leia mais

Links externos