Sedat Ergin recebe Prêmio Liberdade de Expressão da Deutsche Welle | Notícias e análises internacionais mais importantes do dia | DW | 13.06.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Sedat Ergin recebe Prêmio Liberdade de Expressão da Deutsche Welle

Editor-chefe do diário turco "Hürriyet" recebe honraria atribuída a personalidades de destaque em direitos humanos. Em cerimônia, Ergin faz alerta sobre ameaças à liberdade de imprensa no mundo.

Sedat Ergin recebe prêmio durante cerimônia no Global Media Forum, em Bonn

Sedat Ergin recebe prêmio durante cerimônia no Global Media Forum, em Bonn

O editor-chefe do jornal turco Hürriyet, Sedat Ergin, recebeu nesta segunda-feira (13/06) o Prêmio Liberdade de Expressão da Deutsche Welle (DW Freedom of Speech Award), durante uma cerimônia no Global Media Forum, em Bonn.

"Admito ter sentimentos mistos sobre esse prêmio. Na verdade, a premiação deveria trazer um sentimento de satisfação. Mas receber um prêmio de liberdade de expressão não é um motivo de alegria, pois a homenagem ressalta a situação precária da liberdade de imprensa", disse Ergin.

Desde março, Ergin está sendo julgado por supostamente ter insultado o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan. No ano passado, a redação do Hürriyet, principal diário turco independente, foi atacada em duas ocasiões por seguidores do partido governista AKP armados com pedras e pedaços de pau.

Assistir ao vídeo 00:35
Ao vivo agora
00:35 min

Peter Limbourg, diretor-geral da DW, fala sobre Sedat Ergin

Ergin responde um processo por ter sido acusado de ser irônico em um artigo publicado no Hürriyet sobre um discurso de Erdogan, realizado após um ataque do movimento curdo banido do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) contra soldados turcos.

Na cerimônia, Ergin fez ainda um alerta sobre as ameaças à liberdade de imprensa em vários países do mundo. "Não somente ditaduras ou regimes autoritários são atingidos por essa nova tendência, mas também cada vez mais países que se consideram democracias, como a Polônia ou Hungria", ressaltou.

O DW Freedom of Speech foi lançado em 2015 e faz parte do concurso "The Bobs – O melhor do Ativismo Online". A nova premiação foi entregue no ano passado ao blogueiro saudita Ralf Badawi, que está preso desde 2012. Sua esposa, Ensaf Haidar, recebeu o prêmio em seu nome.

No índice de liberdade de imprensa da ONG Repórteres sem Fronteiras (RSF), a Turquia ocupa a 151ª colocação numa lista composta por 180 países. A Finlândia está em primeiro lugar no ranking, seguida pela Holanda.

Global Media Forum

Cerca de 2.300 convidados participam do Global Media Forum, conferência de mídia, organizada pela Deutsche Welle, que se acontece até 15 de junho em Bonn. Nesta edição, o encontro tem como lema "Mídia. Liberdade. Valores".

Profissionais da mídia, cientistas, políticos, artistas, ativistas e visionários de cerca de 100 países podem optar entre mais de 40 eventos. Da lista de convidados constam o vice-presidente do Parlamento Europeu, Alexander Lambsdorff; a vice-presidente do Bundestag (câmara baixa do Parlamento alemão), Claudia Roth; a ministra alemã do Trabalho, Andrea Nahles, e o diretor da Conferência de Segurança de Munique, Wolfgang Ischinger.

CN/dw

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados