1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Schumi tem pena de Rubinho

O tetracampeão comemorou em Barcelona sua quarta vitória da temporada, numa corrida que mais pareceu um "passeio", mas manifestou compaixão com o colega de escuderia.

default

Schumi comemora mais uma vitória

A atual temporada da Fórmula-1 ameaça tornar-se "monótona", diante da série de vitórias de Michael Schumacher. O GP da Espanha, neste domingo (28), acabou virando um verdadeiro one man show, em que tudo deu certo para o tetracampeão. "Um dia maravilhoso. Uma corrida perfeita. O nosso carro é um fenômeno", comemorou Michael, que venceu, desta forma, pelo quarto ano consecutivo em Barcelona.

Mas Michael reconhece também que teve sorte, ao contrário de seu colega de escuderia, Rubens Barrichello. "Todos os problemas que nós temos acontecem no carro dele. O Rubens é um coitado, fico mesmo com pena dele", comentou Schumi após a corrida. O carro de Rubinho encrencou ainda antes da largada, e os mecânicos não conseguiram resolver o problema.

Para Ralf Schumacher, as coisas também não correram bem. Depois de alguns problemas, ele precisou interromper a corrida pouco antes da chegada e caiu assim para a terceira colocação, deixando a segunda posição na classificação para seu colega de escuderia. O colombiano Juan Pablo Montoya chegou em segundo, 35,6 segundos depois do vencedor da corrida.

Os dois outros alemães participantes conseguiram bons resultados. Nick Heidfeld, da Sauber, chegou em quarto lugar, depois do escocês David Coulthard, que, portanto, também subiu para o pódio nesta quinta prova da temporada. Para Heidfeld, foi o melhor resultado da temporada até agora. Heinz-Harald Frentzen conseguiu o sexto lugar, com sua Arrows.

Schumi (44 pontos) tem agora uma vantagem de 21 pontos em relação ao segundo colocado, Montoya (23). Ralf continua com 20 pontos, em terceiro lugar.

Leia mais