1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Schalke salva a honra do futebol alemão

O Schalke é o único clube alemão que ainda participa de um torneio internacional nesta temporada. A equipe de Gelsenkirchen classificou-se às quartas–de-final da Copa da Uefa na noite desta quinta-feira (16/03) ao derrotar o Palermo por 3 a 0. No jogo de ida, os vice-campeões alemães haviam perdido por 1 a 0.

Os gols foram marcados por Kobiaschwili, de pênalti. Larsen e Azouagh completaram o placar. O próximo adversário do Schalke no torneio será o Levski Sofia, no dia 30 de março. A partida de volta será em Gelsenkirchen, dia 6 de abril.

A imprensa alemã registra que o Schalke "limpou a honra" do futebol alemão. Após a derrota da seleção dirigida por Jürgen Klinsmann por 4 a 1 diante da Itália, em Florença, no início do mês, seguiu-se um "efeito dominó", com as eliminações do Bayern e do Werder Bremen na Liga dos Campeões – derrotados pelos italianos Juve e Milan – e do Hamburgo, que se despediu na quarta-feira (15/03) da Copa da Uefa.

A agência de notícias esportivas Sid escreve que, na realidade, nem foram alemães que garantiram a vitória do Schalke. Quando o time marcou o terceiro gol, estavam em campo um brasileiro, dois uruguaios, um sérvio, dois dinamarqueses, um georgiano e um bósnio, mas apenas três alemães. Quem salvou quem?", pergunta Thomas Lipinski, da agência de notícias.