Schalke está fora da final, mas satisfeito com campanha na Liga dos Campeões | Leia as principais notícias sobre o futebol internacional | DW | 05.05.2011
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futebol

Schalke está fora da final, mas satisfeito com campanha na Liga dos Campeões

Equipe alemã perdeu de 4 a 1 para o Manchester United e e está fora da sonhada final em Wembley. Mas direção e jogadores estão satisfeitos por terem chegado tão longe na principal competição de clubes da Europa.

Paul Scholes, do Manchester, disputa a bola com Alexander Baumjohann

Paul Scholes, do Manchester, disputa a bola com Alexander Baumjohann

O sonho de disputar a final da Liga dos Campeões acabou de vez para o Schalke na noite desta quarta-feira (04/05), quando a equipe foi derrotada por 4 a 1 pelo Manchester United na casa do adversário.

Porém, direção e jogadores se mostraram satisfeitos por terem chegado tão longe. “Chegar à semifinal é muito mais do que poderíamos esperar”, afirmou o diretor esportivo, Horst Heldt, após a partida desta quarta-feira.

Foi, de fato, um confronto de desiguais. Em duas partidas, o Manchester, que lidera a Premier League, marcou seis gols no Schalke, décimo colocado da Bundesliga, e levou apenas um. Na partida desta quarta-feira, com vários reservas em campo, os ingleses não tiveram dificuldades para vencer por 4 a 1. No jogo de ida, haviam marcado 2 gols contra nenhum do time alemão.

“Claro que dizem que eles jogaram com a equipe B, mas essa ainda é a nata da nata. Em dois jogos não conseguimos desafiá-los e consequentemente fomos eliminados de forma justa”, comentou Heldt

Anderson marca o último gol da partida, sem chances de defesa para Neuer

Anderson marca o último gol da partida, sem chances de defesa para Neuer

O técnico do Schalke, Ralf Rangnick, é da mesma opinião. “Está claro que chegamos ao nosso limite diante desse adversário. Isso temos de admitir, sem inveja.” Também o capitão da equipe, o goleiro Manuel Neuer, disse estar orgulhoso de ter chegado à semifinal.

Rangnick tentou ver o jogo desta quarta por um aspecto positivo. “Para nós foi uma grande honra, e todos nós podemos nos orgulhar que o Schalke tenha conseguido jogar por tanto tempo nesse nível. Talvez nossos dois excelentes jogos contra a Inter de Milão nos deixaram confiantes demais e achamos que contra o Manchester seria a mesma coisa. Por isso a decepção na partida de ida foi tão grande.”

Nas quartas de final, o Schalke havia eliminado a favorita Inter de Milão, que é a atual vencedora da Liga dos Campeões. Os alemães ganharam fora de casa por 5 a 2 e repetiram o feito em Gelsenkirchen, vencendo por 2 a 1.

O Manchester enfrenta agora o Barcelona na final do principal torneio de clubes da Europa. A partida será disputada no dia 28 de Maio, no estádio de Wembley, em Londres.

AS/sid/dpa
Revisão: Nádia Pontes

Leia mais