1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Satélite MetOp é lançado com sucesso e está em órbita

Nave, que teve seu lançamento cancelado seis vezes, permitirá previsões meteorológicas mais precisas e a detecção antecipada de catástrofes naturais.

default

Satélite pesa quatro toneladas e mede seis metros de altura

Depois de ter sido cancelado seis vezes, ocorreu às 18h28 desta quinta-feira (19/10) o lançamento do satélite meteorológico europeu Metop-A. A nave foi lançada ao espaço a bordo de um foguete Soyuz a partir do cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão.

O MetOp-A, o primeiro de uma série de três novos satélites europeus de órbita polar dedicados à meteorologia operacional, entrou em órbita 69 minutos depois de ter sido lançado pelo foguete, confirmou nesta sexta-feira o Centro Europeu de Operações Espaciais em Darmstadt.

Nova geração

O Metop-A é o primeiro de uma nova geração de satélites europeus destinados a melhorar a qualidade das previsões meteorológicas e elevar o conhecimento das condições climáticas e ambientais a partir do segundo trimestre do próximo ano.

Com o satélite, será possível fazer uma previsão do tempo confiável com até cinco dias de antecedência. Ele também permitirá o reconhecimento antecipado de possíveis catástrofes naturais.

Com o projeto, que inclui ainda os satélites MetOp-B e MetOp-C, previstos para entrar em órbita em até cinco anos, a Europa utilizará pela primeira vez satélites meteorológicos que permanecerão em órbita polar a apenas 800 quilômetros acima da superfície terrestre.

O MetOp-A pesa quatro toneladas e tem mais de seis metros de altura. Ele completará 14 voltas ao redor do planeta por dia. A previsão inicial era que a nave seria lançada em julho.

Leia mais