1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Santorum desiste e abre caminho para Romney enfrentar Obama

Derrotado nas três últimas primárias, o ultraconservador e católico Rick Santorum desiste de ser o candidato republicano à presidência dos EUA. Agora é Mitt Romney contra Barack Obama.

O ex-senador Rick Santorum anunciou nesta terça-feira (11/04), de forma surpreendente, a sua desistência da indicação do Partido Republicano à presidência dos Estados Unidos. Com isso, o católico ultraconservador deixa o caminho livre para o multimilionário Mitt Romney, provável desafiante do presidente Barack Obama.

O cenário para o anúncio de Santorum não podia ser outro: com uma bandeira dos Estados Unidos ao fundo, a família do ex-senador ao lado. Foi assim que ele se apresentou a seus apoiadores, na Pensilvânia. Naquele momento, já estava claro o que viria: o candidato ultraconservador iria renunciar.

"Tomamos uma decisão no final de semana. Esta corrida presidencial está encerrada para mim e vamos suspender a nossa campanha ainda hoje. Mas a luta ainda não chegou ao fim", declarou Santorum.

Ele não deu nenhum motivo concreto para a desistência. Mas o candidato, de 56 anos e pai de sete filhos, falou que ele e sua família passaram por um final de semana difícil. A filha de 3 anos de Santorum, Bella, sofre de uma grave doença genética e foi levada ao hospital na Sexta-Feira Santa. Ela já está melhor, disse o republicano. "Mas essa situação nos levou a repensar nosso papel como pais."

Luta contra Obama

Claro que não foram apenas motivos pessoais que levaram Santorum a desistir. O motivo principal é ele não ter mais chances na luta contra o favorito Mitt Romney, que venceu com clara vantagens as três últimas primárias. O multimilionário conta com mais do que o dobro dos votos de delegados do que Santorum e dispõe de muito mais dinheiro.

Mais do que isso: Santorum via crescer as chances de perder a primária no seu estado natal, a Pensilvânia, marcadas para o final deste mês. Uma derrota seria devastadora para o candidato.

Apesar da desistência, Santorum anunciou que vai continuar engajado na campanha do Partido Republicano. "Este jogo está muito longe de acabar. Vamos continuar na luta para derrotar o presidente Barack Obama e obter a maioria na Câmara dos Representantes e no Senado."

Campanha de fato começa agora

Durante seu discurso de desistência, que durou 13 minutos, Santorum não incentivou seus apoiadores a se engajarem na campanha de Romney. Este já havia sido informado da desistência antes que ela se tornasse pública. Os dois políticos pretendem se encontrar nos próximos dias.

Romney parabenizou o ex-adversário por meio de uma nota e teceu elogios a ele. Santorum é uma voz importante no partido e no país, afirmou Romney.

A desistência de Santorum marca o início da campanha eleitoral propriamente dita: o duelo entre Mitt Romney e Barack Obama. Dois candidatos republicanos, Newt Gingrich e Ron Paul, anunciaram que vão continuar na disputa até a decisão oficial dos republicanos, em agosto. Mas nenhum deles tem chances de tirar a indicação de Romney.

Autora: Anna Engelke, de Washington (as)
Revisão: Francis França

Leia mais