1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Salamanca e Bruges — A cultura em excelência

Cidades dividem o título de "Capital Européia da Cultura" de 2002.

default

Igreja de Santa Ana, Bruges

A "cidade dourada" espanhola, Salamanca, juntamente com a belga Bruges, são as capitais européias da cultura em 2002. As cidades já tradicionalmente conhecidas por suas riquezas históricas estão sendo palco de uma série de eventos culturais que prometem seduzir um número ainda maior de visitantes.

Salamanca é sinônimo de cultura, não só por trazer a história viva em seus prédios de influências românicas, góticas, barrocas, renascentistas e modernas, mas também por ser a primeira cidade espanhola a possuir uma universidade e, portanto, estar ligada ao fomento do ensino e da educação desde 1215. Reforçando o seu título de "Cidade dos Saberes", este ano a capital contará com 115 apresentações de teatro e balé, 52 exposições e mais de 100 concertos.

Entre as grandes celebridades que darão o tom ao cenário cultural da cidade, destacam-se o soprano Montserrat Caballé, o tenor Josep Carreras e os cantores de rock Van Morrison e Patti Smith.

Desde janeiro, os turistas estão podendo escolher entre ritmos barrocos ou modernos, entre peças de teatro e visitas a exposições de arte contemporânea. Também fazem parte da programação a mostra de trabalhos do escultor Rodin, vindos do Museu Rodin em Paris, e a exposição de peças em ouro e trabalhos artesanais da coleção de arte do Museu Colombiano do Ouro.

Bruges recebe o título de capital cultural européia afirmando ser o "supra-sumo da História e Cultura do Velho Continente", nas palavras do diretor do programa de cultura da cidade, Hugo de Greef.

Este ano, a cidade promoverá mais de 140 eventos. O ano cultural iniciou oficialmente no dia 20 de fevereiro com a inauguração de uma nova casa de espetáculos, projetada para 1200 pessoas. Entre as atrações, destaca-se a exposição de arte do pintor Jan van Eyck.

Aqueles que se aventurarem pelas ruas medievais da cidade encontrarão não só uma gama ainda maior de concertos, óperas e peças de teatro, mas também uma nova ponte sobre o canal Coupure.

Bruges é a terceira cidade belga a ser reconhecia como capital européia da cultura, depois de Antuérpia (1993) e Bruxelas (2000). Além disso, a cidade belga entrou recentemente para a lista da Unesco como Patrimônio Cultural da Humanidade.

Capital Européia da Cultura – A denominação foi criada em 1984 pelos ministros da cultura da Grécia, Melina Marcouri, e da França, Jack Lang, com a finalidade de incrementar a união dos povos por meio da cultura e do conhecimento, bem como dinamizar a vida cultural das cidades européias. A escolha é feita anualmente, sendo que a primeira cidade a receber esse título foi Atenas, em 1985. Entre as cidades alemãs já escolhidas, encontram-se Berlim (1988) e Weimar (1999).

Links externos