1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Sua Opinião

SADDAM HUSSEIN

A execução de Saddam, violência nas escolas de Kreuzberg, redistribuição de renda, diminuição da violência e a universalidade da música foram alguns dos temas comentados pelos nossos leitores esta semana. Leia aqui!

default

Protestos no Iraque contra execução do ex-ditador

Creio que tanto a Europa quanto os outros países do mundo devem, sim, condenar a pena de morte como um ato de primitivismo. Mas, vamos pensar em quantas nações praticam, neste momento, atos desumanos e seus líderes não serão julgados e condenados por tais crimes. Quando o mundo for um lugar de verdades e justiça real e não este circo onde poderosos impõem pela força suas "demoníacas-cracias", leia-se democracias fraudulentas, então não será mais necessário enforcar ninguém.

Miguel Duarte

Sob o manto da hipocrisia os americanos tentam parecer ao mundo como protetores da ordem e da justiça. Não vejo diferença entre Saddam e Bush.

Elcio do Nascimento

Saddam Hussein era um ditador? Massacrava os iraquianos? Por que então os EUA e a Europa nunca ligaram para esse "detalhe", quando ele era aliado? As fábricas de armamentos americanas não estavam nem aí para isso também. Faturaram uma fortuna com Saddam no poder. Qual a diferença para todas as outras ditaduras familiares no Oriente Médio? Será que no Kuweit, Arábia Saudita, Iêmen, Jordânia há democracia, liberdade e os direitos humanos são respeitados? Ao contrário: há mortes, prisões e torturas. Mas, como as empresas dos EUA e da Europa têm negócios bilionários com esses ditadores, eles ignoram. A verdade é uma só: o Iraque tem petróleo e não tem bombas nucleares. Foi invadido e está sendo saqueado. A Coréia do Norte, tem bomba atômica e com eles há negociações. Não há governo legítimo e representativo no Iraque. Há marionetes controlados pelas forças de ocupação. Como um governo de Vichy na França ocupada. Quem não quiser ser alvo da ganância do novo "Império Romano" num futuro próximo, abra os olhos. Fabriquem suas armas nucleares, já!

Ronaldo Araújo

VIOLÊNCIA EM ESCOLAS DE KREUZBERG

Se menores de idade estão a vagar, beber pelas noites nas ruas de Kreuzberg assim como a atormentar suas instituições educacionais, as autoridades de Berlim precisam intensificar a fiscalização social por ali. Outra coisa: nenhuma polícia do mundo tem condições de resolver questões de desestrutura familiar ou de baixa renda. Mais: outrora as famílias alemãs conseguiam sensibilizar e sossegar os filhos, porque a Alemanha havia sido arruinada pela guerra. Agora é necessário esclarecer, sem negativismos, os jovens da Alemanha sobre o respeito da Alemanha unificada, da Alemanha na União Européia e da participação da Alemanha no mundo globalizado.

Evelyn

GRÁVIDAS ALEMÃS TENTAM RETARDAR PARTO PARA 2007

Não acho que isso seja certo, o que as mães estão fazendo. Mas, acho que o governo alemão deveria contar também os nove meses que o bebê fica na barriga durante a gestação, pois mesmo as crianças que nascerão no início de janeiro já eram vivas em 2006! Se deveria fazer como os chineses que contam o ano em que a criança está na barriga!

Julia Rosa Bruno Madeira

REDISTRIBUIÇÃO DE RENDA DIMINUI A VIOLÊNCIA

A criminalidade se encontra também no livre arbítrio das pessoas, na falta de um programa de educação adequado, no desinteresse pelos governantes, falta de uma mudança no código penal e judiciário e acima de tudo, falta exemplo dos próprios políticos e governantes, haja visto a corrupção e impunidade que impera no próprio Congresso Nacional com o aval da Corte Suprema. São muitas as dificuldades, e a principal delas é também uma questão cultural que somente através da educação será possível mudar.

Edson Guarda

XENOFOBIA

Um grande problema da análise sobre xenofobia é que ela se limita a causas secundárias e não critica os verdadeiros culpados, pois já está provado que quanto mais insegurança pessoal, mais xenofobia. Ou seja, é resultado da desigualdade social, do capitalismo, do individualismo, da ideologia de que a vida é uma competição. O patriotismo jamais será um problema sem esses problemas.

Anderson Luis Gama

CIENTISTA ALEMÃ EXPLICA O DOM DE APRENDER UM IDIOMA

Achei muito interessante o artigo sobre as pesquisas de Angela Frederici, mas no meu caso (e de minha filha) consegui sem esforço aprender várias línguas até uma idade de uns 25 anos. Até hoje, com 65, noto facilmente nuances de pronúncia específicas, como por exemplo o "i" ou o "u" suecos, que são bem diferentes do alemão ou inglês. Não tive também nenhuma dificuldade em pronunciá-los. Enquanto se podem ouvir tais nuances, pode-se também corrigir erros de pronúncia; difícil ou impossível é, no entanto, corrigir sem conseguir ouvir. Creio por isso que a principal "qualidade" é o discernimento auditivo.

Sérgio Fink

HUGO CHÁVEZ

Muito bom saber que ainda existem pessoas comprometidas com o crescimento "humano". Chávez é um dos poucos que mantêm um discurso socialista e que transforma as palavras em atitude, em prática. Para a mídia brasileira, que é apenas uma reprodutora do pensamento estadunidense (do modo de vida "americano") o que pessoas como Chávez e Morales fazem é incompreensível. Para esse veículo de desinformação e manipulação, todos aqueles que tentarem criar justiça social e ouvirem – de verdade – o que o povo deseja, será sempre populista ou terrorista ou comunista ou algum "ista" malvado e antidemocrático. Avante Chávez e a América Latina!

Saladino

A UNIVERSALIDADE DA MÚSICA

Este artigo só vem demonstrar que a música é capaz de romper as barreiras territoriais, culturais, raciais, políticas, filosóficas e religiosas. Ela apenas é. Com seu ritmos e acordes conquista, atrai, emociona, balança e une. É a universalidade que se faz presente.
Edna Regina da Silva Queiroz

DRESDEN

A destruição de Dresden e outras cidades alemãs ficará na história como mais uma demonstração da covardia e insensatez dos chamados "aliados" na Segunda Guerra Mundial.

Paulo Henrique

DESEMPREGO NOS PAÍSES EUROPEUS

Sobre a tendência da taxa de desemprego nos países europeus, considero ser uma das causas o fato de se dar a maior primazia ao desenvolvimento tecnológico em todos os campos. De algum modo, os homens sentem-se humilhados por aquilo que o próprio Homem investiga e implementa. Proposta para a inversão do cenário: que se invista em sérios estudos para que a tecnologia não prejudique o Homem.

Augusto Albino

BRASILEIRINHOS APÁTRIDAS

São poucos os parlamentares que se preocupam com a situação dos brasileirinhos apátridas. Além de termos que sair do Brasil para poder ter uma melhoria de vida, já que nosso país não nos a oferece, temos que lutar para que nossos filhos sejam brasileiros. Estou indignada.

Rafaella

FILOSOFIA E ANTI-SEMITISMO

Apesar de já terem se passado mais de 73 anos da ascensão do nazismo, continuamos travados na discussão da dimensão histórica, social e política deste movimento. Não creio que a mera suspeita de anti-semitismo seja suficiente para retirar uma obra filosófica de circulação e mais, creio que a liberdade de pensamento deve ser sempre e radicalmente preservada. Infelizmente, o mundo ocidental continua a cobrar um preço muito alto da Alemanha em função do período 1933 e 1945, esquecendo que a conferência de Wannsee só aconteceu em 1942, e como resultado da insensibilidade de todos os países ocidentais. Nenhuma bomba americana, britânica ou soviética caiu sobre um campo de concentração para destruir os fornos, mas milhares delas caíram sobre inocentes em Dresden, Hamburgo e outras cidades. O anti-semitismo nazista precisa ser condenado enquanto projeto de resolver os problemas sociais e econômicos de uma nação com a aniquilação de uma parte dela, em função de suas crenças, mas isto não aconteceu só na Alemanha, e ainda hoje acontece! Este macarthismo contra Habermas é um absurdo!

Laércio Lopes de Araújo

CARICATURAS DE MAOMÉ

A imprensa, sobretudo a ocidental, não tem o direito de satirizar um ícone religioso do Islã. É ofensivo para os fiéis islâmicos da mesma forma que é ofensivo responsabilizar Jesus Cristo pelas atrocidades cometidas pela Igreja Católica. Além do mais, islamismo não se resume apenas à ala fundamentalista, o que torna estas imagens de muito mau gosto. A imprensa ocidental está pregando a liberdade de expressão baseada na calúnia à religião. Essa postura é incoerente com o conceito de "democracia" , que também prega a liberdade religiosa e o respeito mútuo entre as culturas. Dianaluz da Costa Leme Corrêa