1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Saddam Hussein executado em Bagdá

O ex-presidente iraquiano Saddam Hussein foi executado em Bagdá às seis horas da manhã, horário local. O Pentágono afirmou estar preparado para reações violentas no Iraque.

default

Saddam no início de seu julgamento, em 2005

O ex-ditador iraquiano Saddam Hussein foi executado na manhã de sábado (30/12) por crime contra a humanidade. Segundo a televisão iraquiana noticiou, com base em informações do Ministério do Exterior em Bagdá, o réu de 69 anos foi enforcado ao amanhecer, às seis horas (horário local).

Em declaração à emissora norte-americana CNN, o conselheiro de segurança do governo iraquiano, Muvaffak al Rubai, comunicou que a execução da sentença de morte contra o meio-irmão de Saddam, Barsan al-Tikriti, e contra o ex-juiz Awad al-Bandar foi adiada. Este sábado deve ficar reservado "somente para a memória histórica da execução de Saddam".

Execução filmada

Saddam foi conduzido à sala de execução segurando o Alcorão nas mãos algemadas, declarou Al-Rubai. Antes da execução, a sentença e sua confirmação por um tribunal de última instância foram lidas ao réu. Saddam "deu a impressão de estar abalado, mas não mostrou nenhum arrependimento", relatou Al-Rubai. Ele recusou morrer com a cabeça coberta.

Al-Rubai afirmou que a execução fez jus ao direito internacional, iraquiano e muçulmano. Tudo foi filmado e fotografado "do começo ao fim". Até agora não se decidiu se o registro terá divulgação pública. Al-Rubai contradisse relatos da mídia iraquiana, que havia anunciado a veiculação das imagens da execução de Saddam.

Sepultamento anônimo?

Saddam Hussein foi condenado à morte em 5 de novembro passado por causa de um massacre cometido na localidade de Dujail, em 1982. Em represália a uma tentativa de atentado contra Saddam Hussein, 149 xiitas foram assassinados. O julgamento começou logo depois da prisão de Saddam, em dezembro de 2003.

Os advogados de Hussein confirmaram a execução. Ao entrar com um recurso de emergência junto a um tribunal norte-americano, eles tentaram impedir até o último momento que a sentença de morte fosse executada. No entanto, o recurso foi rejeitado. Segundo informações dos advogados, o corpo de Saddam Hussein não será entregue à família, mas sepultado num túmulo anônimo.

Leia mais