1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Só vitória sobre Juventus mantém Leverkusen no páreo

Continuar na Liga dos Campeões não é mais prioridade, mas Bayer Leverkusen recebe Juventus de Turim com sede de vitória. Além de querer vingar goleada da primeira partida, time alemão ainda sonha com classificação.

default

Na primeira partida, os jogadores da Juventus puderam comemorar gols quatro vezes

O Bayer Leverkusen ainda não perdeu as esperanças de classificar-se para as quartas-de-final da Liga dos Campeões, mas não está disposto a jogar todas suas fichas nesta empreitada. "O Campeonato Alemão tem absoluta prioridade. É uma questão de ser razoável, pois provavelmente não iremos ganhar a Liga dos Campeões", ressalta o treinador Klaus Toppmöller, de olho na manutenção da liderança da Bundesliga.

Mas Toppmöller sabe que as chances de classificação não são poucas, apesar da lanterna no Grupo D. "Pode-se partir do princípio que o Arsenal vencerá o Deportivo La Coruña. Se nós também ganharmos nossa partida, nos bastará depois apenas um ponto na Espanha", calcula o treinador alemão. Para quem admite que a vitória é indispensável, parece contraditória a decisão de Toppmöller de que pretende poupar Schneider ou Kirsten na noite desta terça-feira contra a Juventus de Turim, no BayArena.

O meio-campista Ramelow lembra também que erra quem pensa que o Leverkusen está fora do páreo. "Já provamos o suficiente nesta temporada que, em casa, podemos derrotar qualquer um", afirma o jogador da Seleção Alemã, referindo-se às sensacionais vitórias sobre o Barcelona (2x1), na primeira fase, e sobre o Deportivo La Coruña (3x0).

Além da vaga na próxima fase, o Leverkusen tem outro motivo para derrotar a Juventus. "Temos contas a ajustar", acrescenta Toppmöller. No clube alemão, continua atravessada na garganta a goleada de 4 a 0 em Turim, após dois adiamentos da partida, devido a nevoeiro, e a marcação do jogo para a tarde seguinte, sendo que o Leverkusen não tinha onde se hospedar por mais uma noite. "Agora vamos ver o quanto a Juve é boa, com as duas equipes em iguais condições de jogo", desafia o técnico.

De antemão, porém, as equipes não serão as mesmas. O time italiano possivelmente estará desfalcado da dupla de ataque Trezeguet-Del Piero, que sozinha fez três dos quatro gols da primeira partida. Vários outros jogadores também estão contundidos e o holandês Davids cumpre suspensão. A situação no Leverkusen não é tão dramática, embora Neuville (ferido e doente) e Zivkovic (suspenso) fiquem de fora.

Leia mais

Links externos