1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Sátira com Schröder cotada para festival da canção

Imagine você ouvindo a voz do chefe de governo no rádio, declarando que vai deixar o seu cargo para se dedicar ao setor da mídia e ao lazer. Foi assim que tudo começou há alguns anos, num belo dia de verão.

default

Elmar Brandt e seu companheiro "Gerd"

Milhões de ouvintes ficaram confusos e logo consultaram a emissora por e-mail e telefone, querendo saber se a novidade era verdade. Veio então o desmentido: era tudo brincadeira do Gerd-Show, uma paródia sobre o chanceler federal da Alemanha, Gerhard Schröder, e seus aliados e inimigos políticos, apresentado pelo imitador de vozes Elmar Brandt.

"O que hoje se pode prometer, é preciso amanhã romper"

Agora, passados mais de três anos, soa no rádio a primeira canção na qual o chefe de governo, na voz de Brandt, anuncia a sua versão de declaração de impostos: "O que hoje se pode prometer, é preciso amanhã romper, e por isto vou pegar todo o seu dinheiro, toda a sua grana...".

Imitando a voz do chanceler federal, o comediante canta em cima da melodia de um sucesso de verão do grupo espanhol Las Ketchup, a Ketchup Song. A paródia do humorista, calcada na promessa eleitoral de Schröder de não elevar os impostos e revertida assim que tomou posse para sua segunda legislatura, tornou-se rapidamente um grande sucesso. Logo conquistou o primeiro lugar na parada, passando para trás o original das Las Ketchup. A Steuersong - a canção dos impostos - já vendeu mais de 500 mil exemplares.

A vida de Brandt nunca foi tão bem-sucedida como agora: faz mais de dez anos que ele estuda Germanística e Ciência das Comunicações na Universidade de Düsseldorf . E vai ampliar o tempo de estudo, considerando o sucesso atual com o Gerd-Show. Seu lema: melhor brincar no estúdio do que no auditório da universidade que, mesmo lotado, não atinge a quantidade de ouvintes do rádio, com nove milhões diariamente. Transmitido por 14 estações de rádio, o Gerd-Show é o programa de maior audiência na Alemanha.

Imitador virou até candidato ao Grand Prix

Agora que consegue fazer os alemães rirem até as lágrimas, o jovem de 31 anos pode até participar do festival Grand Prix d'Eurovision no próximo ano, após uma iniciativa do Bild. O jornal sensacionalista vive provocando polêmicas como a atual de mandar o imitador para o Grand Prix, que se realizará na Letônia.

Brandt - que antes disto tem que participar da escolha do candidato alemão, a 7 de março em Kiel - levou a sério a idéia: "Conseguimos levar o chanceler ao número um na Alemanha, agora queremos transportar essa imagem à Europa toda". O problema é que a letra e a melodia da canção têm que ser inéditas, segundo o regulamento do Grand Prix d´Eurovision. "Mas a única coisa copiada nessa canção é a voz do Gerhard Schröder" - Brandt faz-se de inocente, rindo como o chanceler.

E o que comenta o verdadeiro Gerd a respeito de sua nova identidade? Nenhuma reação do chanceler. Talvez ele nem tenha percebido que não é a sua própria voz que está todos os dias falando e cantando no rádio: "Eu vou aumentar os seus impostos. Eleito é eleito, vocês não podem mais me demitir, isto que é o legal da democracia".

Links externos