1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Russos e ingleses são os favoritos no atletismo

Os atletas alemães estão em terceiro lugar na lista dos favoritos no 18º Campeonato Europeu de Atletismo, que se realiza de 6 a 11 de agosto, em Munique, capital do estado alemão da Baviera.

default

Campeonato Europeu de Atletismo começa em Munique

Trinta anos depois das Olimpíadas de Verão, em 1972, o Estádio Olímpico de Munique, totalmente reformado, volta a abrigar um expressivo evento internacional, o Campeonato Europeu de Atletismo. Em sua 18ª edição, ele conta com a participação de quase 1300 atletas provenientes de 47 países.

Embora anfitriã, a equipe alemã de atletismo, composta por 92 esportistas, não está sendo considerada a grande favorita. Tudo indica que não será capaz de se igualar ao brilhante desempenho que os alemães demonstraram no Campeonato Europeu de Natação, encerrado em Berlim, no domingo (4/8).

Clemens Prokop, presidente da Associação Alemã de Atletismo, (DLV), sabe que será difícil repetir o ótimo resultado alcançado no Campeonato Europeu de 1998, em Budapeste, quando os alemães conquistaram oito vitórias e 23 medalhas. A expectativa da DLV para este ano está em torno de 15 medalhas.

Um dos motivos é a renovação dos atletas. Dos sete alemães que há quatro anos se sagraram vitoriosos em provas individuais, apenas três ainda estão competindo e são a esperança da equipe alemã: Heike Dreschler, que, se conseguir vencer a prova de salto à distância, estará comemorando a quinta vitória consecutiva de sua carreira; Nils Schumann, campeão olímpico em Sidney na prova dos 800 metros; e Grit Breuer, bicampeã européia nos 400 metros.

"Se tudo correr bem, nossos atletas conquistarão uma série de medalhas", garantiu Prokop, lembrando ainda que a realização deste campeonato em solo alemão é uma excelente oportunidade para popularizar ainda mais o atletismo no país. As duas emissoras de TV "estatais" (na verdade autarquias consideradas de direito público) irão dedicar 45 horas de sua programação para transmitir ao vivo as competições.

Favoritos - Os ingleses e russos são considerados os grandes favoritos deste Campeonato Europeu de Atletismo. Nas provas de curta distância e salto triplo, a equipe inglesa masculina tem boas chances de abocanhar uma meia dúzia de medalhas de ouro.

Já os atletas russos estão supermotivados em apresentar uma bela exibição em Munique, especialmente depois que o presidente da Rússia, Vladimir Putin, concedeu a cada atleta nacional uma ajuda mensal isenta de imposto no valor de 500 dólares. A equipe feminina russa é uma das mais fortes entre as participantes.

"Nós temos boas chances de quebrar todos os recordes neste campeonato. Nossos atletas lideram a lista européia em 14 disciplinas", disse o treinador-chefe dos russos, Waleri Kulistchenko, confiante de que sua equipe irá superar as oito vitórias obtidas em Budapeste.

Os principais destaques são a recordista européia em salto com vara, Swetlana Feofanova; Tatjana Kotova, em salto a distância; Serjej Marakov, arremesso de dardo; Alexej Zagorni, arremesso de martelo; e também Olga Kusenkova e Julia Petschonkina, nos 400 metros com barreira.

Outras estrelas - O Campeonato Europeu de Atletismo conta também com a participação de outros excelentes atletas, como o francês Muriel Hurtis, no salto, a eslovena Jolanda Ceplak, nos 800 metros rasos, a nigeriana Glory Alozie, que veste a camisa espanhola e irá disputar a prova de salto com barreira, o húngaro Robert Fazekas, no arremesso de disco, e o sueco Christian Olsson, no salto.

Pela Alemanha, alguns outros destaques são Ingo Schutz, nos 400 metros rasos e salto com barreira, Tim Lobinger e Lars Börgeling, em salto com vara.

Cerimônia de abertura - O Campeonato Europeu de Atletismo será aberto na terça-feira, dia 6 de agosto, pelo ministro alemão do Interior, Otto Schily, no estádio Olímpico de Munique. Do programa consta um espetáculo de música e dança, com a participação de 600 bailarinos.