1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Rupprath bate recorde europeu em piscina curta, mas Franzi fica com os flashes

Primeiro dia do Campeonato Alemão de Piscina Curta tem novo recorde europeu e quatro alemães. Mas foi Franziska van Almsick quem atraiu os fotógrafos. A nadadora estava parada desde a Olimpíada de Sydney.

default

Ao nadar os 100 metros livres, Franzi roubou as atenções

Embora Thomas Rupprath tenha comprovado ser uma das estrelas internacionais da natação alemã na atualidade, foi Franziska van Almsick quem brilhou diante dos flashes da imprensa no primeiro dia do Campeonato Alemão de Piscina Curta, em Rostock. Após 15 meses de tratamento de uma hérnia de disco, a nadadora voltou às competições com o segundo lugar nos 100 metros livres, pouco aquém do índice para o Campeonato Europeu, de 13 a 16 de dezembro em Antuérpia.

Mas os melhores méritos couberam nesta sexta-feira a Thomas Rupprath. O nadador comprovou estar no auge de sua carreira, ao bater um recorde europeu e duas vezes seguidas um alemão. Rupprath começou o dia com tudo. Logo na prova classificatória dos 50 metros costas bateu o recorde europeu, ao marcar 23s75, o segundo melhor tempo do mundo. À tarde, na final, o alemão satisfez-se com 23s84 para arrebatar seu primeiro título na competição. Nos 50 metros borboleta, o nadador de 24 anos superou duas vezes o recorde nacional. Primeiro marcou 23s47, depois 23s38, somando mais uma conquista.

Franzi – As atenções, porém, estavam voltadas para Franziska van Almsick, que não competia desde o fracasso na Olimpíada de Sydney. A berlinense ficou apenas 15 centésimos de segundo atrás de Petra Dallmann, vencedora da final dos 100 metros livres. "Ela parece ter recuperado o prazer em nadar", avaliou Ralf Beckmann, técnico da seleção alemã de natação.

Franzi mostrou-se satisfeita com o resultado. "Acho que estou em forma, mas com certeza ainda me sinto tensa após o desastre olímpico", admitiu. A nadadora ainda tem chances de classificar-se para o Campeonato Europeu nas provas de 200 metros livres (sua especialidade) e 100 metros borboleta. O esperado duelo com Sandra Völker não acontecerá. A hamburguesa de 23 anos restringiu sua participação às provas de 50 e 100 metros costas.

Novos recordes – Mais três recordes alemães em piscina curta foram batidos no primeiro dia do campeonato. A equipe feminina do SG Hamburgo e a masculina do SCW Eschborn marcaram as novas marcas do revezamento 4x50 metros livres. Já Nicole Netzer surpreendeu nos 200 metros costas. Ela não só ganhou a final, como também superou a marca de Antje Bushschulte, que não pôde defender em Rostock o título e o recorde nacionais por motivo de doença.

Links externos